Header Ads


Está tudo azul para o lado do Cruzeiro

Foto: Washington Alves/Cruzeiro/Lightpress
Ainda é cedo, começo de temporada. Foram poucos dias de treinamento e os jogadores estão buscando uma melhor condição física, mas está muito bom de ver o time do Cruzeiro dentro do Mineirão. Está tudo azul para o lado do Cruzeiro.

Em primeiro lugar, a sintonia entre a torcida e o time está sensacional. Mesmo com dois jogos, em horários ruins, durante o meio de semana à noite, e com transmissão ao vivo pela TV aberta, foram praticamente 68 mil pessoas presentes nos dois jogos. Uma marca excelente, considerando que foram jogos de Campeonato Mineiro. Para a Libertadores, precisamos manter essa boa média de público; o Cruzeiro precisará muito de nós, se quiser ser campeão.

E a torcida, a cada dia, mostra mais a sua força. Fato é que já conseguimos uma boa quantidade de adesões ao programa de sócio torcedor neste primeiro mês do ano e a tendência é que essa marca melhore. A expectativa, também, é que a nova diretoria de Marketing consiga melhorar o Sócio do Futebol, com opções de resgates mais atrativas, outras formas de pagamento e mais interação com a torcida.

Dentro de campo, o Cruzeiro mostra bom toque de bola, triangulações, mais qualidade quando tem a posse de bola. Está bonito de se ver.

Fred ainda não conseguiu fazer o seu primeiro gol após o retorno à Toca da Raposa II e é perceptível a ansiedade, tanto do próprio jogador, quanto dos companheiros de equipe e da torcida celeste. No jogo contra o Uberlândia, ele fez tudo certo. Ou quase. Faltou aquele detalhe. Nas suas melhores chances, parou na trave e em duas excelentes intervenções do goleiro adversário. Em outra jogada, deixou Henrique na cara do gol e o nosso capitão desperdiçou o lance.

Mesmo assim, teve uma ótima atuação, na minha opinião; deu opção de jogo, lutou bastante, tentou criar algumas jogadas e participou do lance do terceiro gol cruzeirense. Ademais, mesmo sem fazer o gol, apenas a presença de Fred já cria dificuldades na defesa adversária e abre espaços para que outros jogadores apareçam em condições de finalizar. Vamos deixar as coisas acontecerem naturalmente e esse esperado gol de Fred irá sair.

Os destaques, mais uma vez, foram Robinho e Rafinha. O camisa 19 sentiu a pressão pela contratação de Bruno Silva e já mostrou serviço logo de cara. Se conseguir ficar livre de lesões, é titular e peça muito importante para a temporada. Já Rafinha, está “endiabrado”. São 3 gols em 3 jogos, apresentando uma grande disposição, muita raça e muita técnica. Na verdade, ele terminou o ano de 2017 jogando muito bem. Na reta final da temporada, foi nosso melhor jogador em diversos jogos e fez por merecer a sua renovação de contrato. Além deles, Thiago Neves confirmou a importância de sua permanência e nos brindou com um belo gol de falta.

E isso é muito importante; ter peças de reposição e disputas pela titularidade. O Cruzeiro, no papel, tem esse elenco com boas opções. Agora é a hora do treinador dar oportunidade de jogo para todos os jogadores e continuar com a rodagem do time. É preciso aproveitar esses jogos iniciais, no Campeonato Mineiro, para que todos encontrem seu melhor futebol e estejam preparados para o nosso primeiro grande compromisso do ano, no dia 27 de Fevereiro, na Argentina, contra o Racing.

O próximo compromisso, em casa, é contra o América, dia 04/02, às 17 horas. Hora de lotar mais uma vez o Mineirão e levar o Cruzeiro a uma grande vitória. Esse é o caminho. 

Um comentário:

  1. EH Thiago,tá tudo azul mesmo.Alguns meio-copo vazio vão nos dizer para conter a alegria porque não enfrentamos times grandes ainda,diabos,quando eles nos enfrentarem vão estar enfrentando um puta dum Gigante impiedoso e "bad to the bone",vamos descer o sarrafo neles sem dó.O time está jogando um futebol bonito de se ver, e é apenas o inicio.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.