Header Ads


Cruzeiro tem equipe mais valiosa do futebol brasileiro

Avaliado em 18 milhões de reais, uruguaio De Arrascaeta é o segundo atleta mais caro do Cruzeiro

As permanências de jogadores importantes que estavam no time em 2016 (Ramón Ábila, Robinho, Rafael Sobis e outros) e as contratações de reforços pontuais – casos de Diogo Barbosa, Thiago Neves e Lucas Silva – garantem ao Cruzeiro o elenco mais valioso do futebol brasileiro em 2017. Os dados são do site alemão Transfermarkt, especializado em calcular valores de mercado de atletas do futebol mundial.

De acordo com o Transfermarkt, o grupo da Raposa está avaliado em 77,25 milhões de euros. Convertido em reais, o montante chega a R$ 253,4 milhões.

O jogador mais caro do elenco é o argentino Ramón Ábila, orçado em R$ 19,68 milhões. Depois vêm Arrascaeta (R$ 18 milhões), Manoel (R$ 14,76 milhões), Thiago Neves, Henrique e Dedé – os direitos econômicos dos três últimos estão estipulados, cada um, em R$ 13,12 milhões.

Em compensação, Ezequiel é o atleta mais barato entre os que estão nos planos do técnico Mano Menezes. O preço pelo lateral-direito é de 984 mil reais.

Com relação à equipe, a vantagem do Cruzeiro sobre o segundo elenco mais caro é considerável. Mesmo com a contratação do atacante Lucas Pratto, o time do São Paulo custa R$ 22,3 milhões a menos que os mineiros (R$ 231,1 milhões). Em seguida aparecem os conjuntos de Atlético (R$ 227,9 milhões), Palmeiras (R$ 207,5 milhões) e Flamengo (R$ 187,5 milhões).

O investimento feito pela diretoria é esperança de títulos para 2017. O Cruzeiro começou bem as competições em disputa – é vice-líder do Campeonato Mineiro, com 10 pontos; ocupa o primeiro lugar do Grupo C da Primeira Liga, com seis pontos; e chegou à terceira fase da Copa do Brasil sem sustos. Os comandados do técnico Mano Menezes ainda terão pela frente a Copa Sul-Americana e o Campeonato Brasileiro.

Valor de mercado dos times da Série A 2017: (*)

1- Cruzeiro: R$ 253,4 milhões
2- São Paulo: R$ 231,1 milhões
3- Atlético: R$ 227,9 milhões
4- Palmeiras: R$ 207,5 milhões
5- Flamengo: R$ 187,5 milhões
6- Grêmio: R$ 177,7 milhões
7- Corinthians: R$ 160,4 milhões
8- Santos: R$ 154,6 milhões
9- Fluminense: R$ 143,5 milhões
10- Atlético-PR: R$ 123,1 milhões
11- Vasco: R$ 114,9 milhões
12- Sport: R$ 109,6 milhões
13- Botafogo: R$ 96,4 milhões
14- Bahia: R$ 91,4 milhões
15- Vitória: R$ 90,6 milhões
16- Coritiba: R$ 88,3 milhões
17- Chapecoense: R$ 72,6 milhões
18- Ponte Preta: R$ 65,6 milhões
19- Avaí: R$ 30 milhões
20- Atlético-GO: R$ 28,7 milhões

(*) Valor convertido em reais pela reportagem

Fonte: Transfermarkt
Tecnologia do Blogger.