Header Ads

Apostas de Futebol 1xBet banner

Um Outubro pela sobrevivência do Cruzeiro

Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

O Cruzeiro começa o mês de Outubro em meio a uma grande crise institucional, talvez a maior de sua história quase centenária, e procurando forças para sair dessa situação tão complicada.

Fora de campo, uma série de erros, com gastos exacerbados, descontrole financeiro, gestão temerária, incompetência administrativa, além de uma briga política sem controle nos bastidores, levaram o clube a um momento financeiro delicado, com salários atrasados e uma dívida em crescimento exponencial.

Dentro de campo, já são alguns meses de futebol abaixo da crítica, dois treinadores demitidos, uma sequência com pouquíssimas vitórias e resultados extremamente insatisfatórios.

Além da eliminação da CONMEBOL Libertadores, na disputa de pênaltis contra o River Plate, e na Copa do Brasil, de maneira vexatória, contra o Internacional, o desempenho no Campeonato Brasileiro é ridículo.

No campeonato de pontos corridos, com mais de um turno disputado, o Cruzeiro conseguiu apenas 4 vitórias e 18 gols marcados (uma média inferior a 1 gol por jogo). Um momentâneo 17º lugar, mas já com água passando pela nossa cabeça; mesmo com uma vitória na próxima rodada, o time não conseguirá sair da zona de rebaixamento. Precisa engatar uma sequência de vitórias e bons resultados, para aliviar um pouco a pressão e dar uma boa respirada. É o sonho de toda a torcida, mas a tarefa não é nada fácil.

O Cruzeiro virou um circo de horrores. A péssima gestão da atual diretoria contribuiu para a bagunça que virou o clube atualmente. Politicamente, a disputa de egos é tão grande, que não sabemos como será o futuro da instituição.

Durante a semana, o presidente do Conselho Deliberativo, Zezé Perrela, publicou o edital para uma assembleia extraordinária, agendada para o dia 21/10, às 19 horas, na qual uma das pautas é o afastamento da atual diretoria, encabeçada por Wágner Pires de Sá. No entanto, em uma manobra política, o presidente agendou uma reunião com os conselheiros do clube na mesma data e horário, com o intuito de enfraquecer a assembleia quer pode afastá-lo do cargo.

Infelizmente, os pensamentos da atual da diretoria visam, em primeiro lugar, atingir os seus próprios interesses pessoais. O clube fica em segundo plano, ou até pior do que isso. Diretoria, Conselheiros, Jogadores, todos estão nesse barco e estão colaborando para afundá-lo cada dia mais.

Ainda assim, uma réstia de esperança surgiu, com o pedido de demissão do ex-Diretor Geral, Sérgio Nonato. Sinceramente, a passagem de Serginho pela direção do Cruzeiro foi um desastre. Uma pessoa com salário astronômico, sem a devida capacitação para o cargos, e que tomou decisões terríveis, como a extinção do atletismo do clube e as falácias nos contratos de patrocinadores.

A saída de um membro considerado importante pela diretoria é sinal de que algo possa efetivamente mudar nos próximos dias. E, sim, ainda há muita gente que precisa sair nessa barca. O principal, e tomara que seja o próximo a sair, é o vice-presidente Itair Machado. Não há condições para esse cara continuar dentro do Cruzeiro, acabando com o clube como ele vem fazendo. E que Wágner Pires de Sá tome o mesmo caminho e vá embora.

Antes do dia 21/10, teremos jogos importantes, contra Fluminense, Chapecoense, São Paulo e Corinthians, além de Fortaleza e Botafogo até o final de Outubro. Um mês decisivo para resoluções do futuro do clube, dentro e fora de campo. Podemos chegar em Novembro com um possível e esperado afastamento da diretoria, além da recuperação no Campeonato Brasileiro e saída da incômoda zona de rebaixamento, ou, em uma hipótese muito indesejada, com uma situação ainda mais desesperadora.

No momento, é muito importante resolver o problema fora de campo, para que o dentro de campo volte a funcionar e o Cruzeiro reencontre o caminho das vitórias. No meio de uma bagunça administrativa, é inevitável que o grupo de jogadores seja afetado, já que os salários e premiações ficam em atraso, não há comando, não há cobrança e o bom desempenho some.

O empate de hoje, contra o Internacional, nos deixa por mais uma rodada no Z-4 e na expectativa pelos resultados dos nossos adversários diretos. Vamos precisar de torcer por boas combinações de resultados, além da retomada de vitórias do Cruzeiro. A corda vai apertando cada vez mais o nosso pescoço e, lamentavelmente, o tempo para reação vai sumindo. Um time que precisa mostrar forças e buscar inspiração, para sair do buraco. Mas com alguns jogadores andando em campo, sem merecer vestir o manto sagrado celeste, é muito complicado.

Esperávamos que a saída de Rogério Ceni, como os jogadores queriam, serviria para que o elenco voltasse aos eixos. Porém, até agora, apenas um empate e uma derrota na conta de Abel Braga. O elenco precisa mostrar serviço.

Não podemos deixar o pior acontecer. As cobranças precisam continuar, na diretoria e no grupo de jogadores.

Que os membros da diretoria sejam afastados, pelo bem do Cruzeiro.

Que os jogadores revertam essa situação vexatória que eles mesmo nos colocaram.

Que pessoas competentes e do bem assumam o comando da instituição e façam as mudanças e melhorias necessárias para tirar o Cruzeiro do lamaçal em que se encontra.

Contra o Fluminense, na próxima quarta-feira, é ganhar ou ganhar. Será uma guerra! A razão nos faria desistir neste momento e abandonar o time. Mas o coração não deixa e, com certeza, no próximo jogo já estaremos na torcida por uma vitória. Essa é a nossa vida, de torcedores apaixonados. Pena que quem comanda o clube não tem essa mesma paixão pelo Cruzeiro Esporte Clube.

Para cima deles, Cruzeiro!

Um comentário:

  1. Hora de perícia contábil no cruzeiro de todos os últimos anos. Verificar todos os gastos, verificar quem os recebeu, quem praticou gestão temerária e irregular , quem recebei de forma indevida, E a partir daí solicitar ressarcimento aos cofres do clube!! Aliás quando um dirigente do Ipatinga manda no cruzeiro, só podia dar nisso.Nao imagino um dirigente sair do volta redonda e mandar no Flamengo.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.