Header Ads


Tem faltado vergonha na cara para os jogadores do Cruzeiro

Foto: Divulgação/Cruzeiro 
Pois é, amigos. A situação do Cruzeiro é de deixar qualquer torcedor preocupado. Após a sequência ruim com o técnico Mano Menezes, que culminou com sua saída do comando do time celeste, e a chegada de Rogério Ceni, a expectativa era de um futebol melhor. Não apenas isso, mas melhores resultados também.

Com um começo avassalador contra o então líder do Campeonato Brasileiro, Santos, e uma bela vitória por 2x0 em um Mineirão lotado, a confiança do torcedor cruzeirense foi lá no alto. Quem poderia nos segurar? O Cruzeiro ofensivo e intenso estava de volta. 

Ledo engano. Os jogos seguintes mostraram toda a dificuldade que enfrentamos e ainda enfrentaremos até o final do ano. 

As coisas já começaram a aparentar um certo desgaste no segundo confronto da Copa do Brasil, contra o Internacional. Ali, vimos um Cruzeiro apático, perdido em campo, sem poder de reação, totalmente controlado pelo time adversário. Os jogadores que poderiam fazer a diferença a nosso favor simplesmente sumiram em campo. No jogo seguinte, uma derrota ainda mais acachapante contra o Grêmio. 

É. A vida do torcedor cruzeirense, que já não era das melhores, ainda ficou pior com mais 2 derrotas, para Palmeiras e Flamengo. Apesar de ser uma sequência difícil, contra líder e vice-líder do Brasileirão, esses jogos serviram como um choque de realidade para todos nós. Infelizmente, até o final, nossa briga é para sair do Z-4. O elenco, considerado um dos melhores do país no início do ano, perdeu sua força.

É inacreditável como tudo no futebol pode mudar tão rápido. Há poucos meses, fomos campeões do torneio estadual, estávamos invictos na temporada, uma longa sequência de bons jogos e bons resultados. De uma hora para outra, tudo foi por água abaixo e os resultados não apareceram mais. Eliminações na CONNEBOL Libertadores e Copa do Brasil, além de um desempenho pífio no Brasileiro. 

Após o empate por 0x0 com o Ceará, o choque entre Rogério Ceni e o grupo de jogadores ficou latente. O treinador não resistiu e foi demitido. Agora, seremos comandados por Abel Braga, já na próxima partida contra o Goiás. 

Sinceramente, a situação do Cruzeiro é desanimadora. Os grandes culpados por tudo isso têm nome e sobrenome: Wagner Pires de Sá, Itair Machado, Sérgio Nonato e tantos outros membros da diretoria e do conselho do clube. O nosso clube do coração está nas mãos de pessoas despreparadas, que colocam interesses pessoais acima dos interesses da instituição Cruzeiro Esporte Clube.

Cadê o nosso presidente nesses momentos em que o clube está tão mal? O “presida raiz” só aparece nas horas boas ou é apenas figura decorativa? Para piorar, o vice ainda só aparece para falar bravatas e para se vitimizar. Não engana mais ninguém. 

A antiga diretoria também não fica muito atrás. Deixaram o clube afundado em dívidas, com negociações esdrúxulas e sem uma gestão efetiva da instituição. 

Se o momento fora de campo é culpa exclusiva da nossa fraca diretoria, o dentro de campo requer uma forte cobrança no grupo de jogadores. Já são dois treinadores fritados por eles neste ano. Mano Menezes já enfrentava o desgaste de um trabalho tão longevo e não resistiu a tantos resultados ruins em sequência.

Rogério Ceni nem chegou a 2 meses no comando do time celeste. Foram apenas 8 jogos e algumas desavenças com parte do elenco. A diferença de filosofia foi radical e a falta de respaldo da diretoria para as “mudanças drásticas” prometidas pelo treinador contribuíram também para a sua queda.

Com a chegada de um novo comandante, Abel Braga, surge uma nova esperança de que o Cruzeiro reencontre o caminho das vitórias e do bom futebol, para se afastar de vez dessa incômoda e perigosa zona de rebaixamento. Vocês, jogadores, conseguiram o que queriam. Agora mostrem vergonha na cara para mudar as coisas dentro de campo. 

O momento é de apoio, mas também de cobrar e protestar. Curiosamente, após o retorno do vice presidente às suas atividades, as derrotas voltaram, o grupo se rebelou contra o treinador e os protestos diminuíram.

Não podemos parar! 

Diretoria, conselho e grupo de jogadores são os grandes culpados por essa mancha em nossa história, com tanta corrupção, intrigas, disputas de egos. Nosso time tem aparecido mais na mídia por questões negativas do que por bons resultados dentro de campo. Nossa imagem está arranhada. Se vocês estiverem lendo isso aqui, saibam que nunca serão perdoados caso algo ainda pior venha a acontecer. 

A nossa esperança é pela recuperação, pelo menos, dentro de campo. Fora dele, sem uma mudança drástica no comando do futebol, nosso futuro está em perigo. O centenário está logo ali e queremos um Cruzeiro forte, responsável e bem gerido, honrando nossas tradições. Queremos pessoas íntegras e competentes no comando do clube. O que temos hoje está longe do que esperamos. 

Ainda assim, daremos o nosso apoio para que saíamos dessa. Nos momentos mais difíceis, é hora do torcedor buscar forças e voltar a carregar o time nos braços. Somente nós somos apaixonados de fato por esse clube. Esses diretores e jogadores vão passar e nós estaremos aqui, sempre com o Cruzeiro Esporte Clube.


7 comentários:

  1. O que está faltando ao time do Cruzeiro, chama-se, vergonha na cara.

    ResponderExcluir
  2. Desanimador esse Cruzeiro viu aff!!!

    ResponderExcluir
  3. Time vagabundo jogadores medíocres sou cruzeirense mais a realidade esta aí e ninguém que ver. Este ano vamos ver a mancha na historia linda de vitórias e conquistas do nosso Cruzeiro. Torcida verdadeira vamos reagir a esta filha da lutarem dessa diretoria bandida e vagabundo. Falando do time David, Egídio, Henrique, Edilson, Dedé e principalmente o seu comandante Thiago não da mais.

    ResponderExcluir
  4. Maior de Minas não. Maior do Brasil ( caloteiro ).

    ResponderExcluir
  5. Ta facil é só a torcida invadir a sede administrativa e tirar essa diretoria a força.... resolve problema rapido... e no campo o Abel enxergar que tem jogadores que não merecem vestir o manto

    ResponderExcluir
  6. Essa diretoria é ridícula, parecem esses ptistas que não querem largar o osso, sem palavras pra essa diretoria, VERGONHA!!!!!!!
    Abel ja começou errado contra o Goiás, voltou com Thiago Neves que ja não aguenta mais correr, não domina 1 bola, não tem mais fôlego, substitui o Orejuela e fala na coletiva que o mlk tava sem inspiração e coloca o ridículo do Edilson, e a culpa não é só deles, ali tem mtos caras que ja deram o que tinha que dar (TN, Dedé, Edílson, David, Marquinhos Gabriel, Egídio).
    No mais, peço a Deus e brio na cara desses jogadores medíocres que honrem com o manto sagrado e pelo menos nos livrem do rebaixamento.
    CRUZEIRÃO SEMPRE!!!!

    ResponderExcluir
  7. Não vou procurar culpados.Importa saber o motivo pelo qual o time toma tantos gols e marca tão pouco.
    Temos bons defensores e alguns bons atacantes.
    Mas não temos nenhum bom jogador no meio de campo.
    Nenhum volante ou meiocampista do time marca gols.
    No Flamengo (Wiliam Arão) ou Palmeiras (Felipe Melo), os meio campistas marcam, o mesmo no Grêmio, no Atlético Paranaense (Bruno), no Real Madrid, no Barça, no City, no Liverpool.
    Os meiocampistas desses times defendem e atacam bem, marcam gols.
    Os do Cruzeiro apenas fazem passes para o lado, defendem mal e são nulos no ataque.
    Os adversários do Cruzeiro precisam se preocupar apenas com os nossos atacantes, podem deixar os meiocampistas soltos que a bola os marca... aí fica fácil e se explica o ataque ruim do time.
    Time sem meiocampistas está condenado ao fracasso.
    O último meiocampista azul que marcava gols era o Niltão.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.