Header Ads

Apostas de Futebol 1xBet banner

Para o Cruzeiro, tudo. Do Cruzeiro, nada

Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

Nesta quarta-feira, às 19:15, na Toca da Raposa III, assim que o árbitro apitar o início da partida, Cruzeiro e Fluminense disputarão o segundo tempo da batalha por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Para o time celeste, é mais um degrau a ser ultrapassado, no caminho pelo hepta. E, com certeza, não será nada fácil.

O nosso time vem em uma sequência de 6 jogos sem vitória, contando CONMEBOL Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. O último triunfo completará exatos 1 mês. Em 05/05, o Cruzeiro venceu o Goiás por 2x1, no Mineirão, gols de Dedé e Rodriguinho.

De lá para cá, 4 derrotas, contra Emelec, Internacional, Fluminense e Chapecoense, e 2 empates,  contra o Fluminense, na primeira partida das oitavas da Copa do Brasil, e contra o São Paulo, no último domingo.

O jogo contra o tricolor paulista, inclusive, serviu para mostrar um desempenho melhor do Cruzeiro, em comparação com jogos anteriores. O time foi mais combativo, teve gols anulados, pênaltis não marcados, buscou um empate, com direito a golaço de Thiago Neves e ainda perdeu um caminhão de gols. Uma chance claríssima desperdiçada pelo atacante David foi algo inacreditável.

Pelo histórico contra o adversário, não podemos desprezar 1 ponto conquistado fora de casa, mas fica aquele sentimento de que a vitória esteve muito próxima. Faltou objetividade e chutes a gol, sobrou preciosismo e individualismo excessivo dos jogadores. Na hora da conclusão das jogadas, faltou calibrar o chute ou procurar um jogador em melhores condições de conclusão. Algo a ser trabalhado para a sequência do ano.

O Cruzeiro precisa se reencontrar dentro de campo e mostrar todo a força e qualidade já demonstradas em alguns momentos nesta temporada.

Para voltar ao caminho das vitórias, será preciso, mais uma vez, que a torcida carregue esse time pelos braços. Quando o time mais precisa, estamos lá, lotando o Mineirão, entoando nossos cantos e gritos de apoio. Acredito que o torcedor percebeu isso e, para o confronto de quarta-feira, já temos mais de 42 mil ingressos vendidos. A festa será bonita, não tenham dúvidas.

Lembremos que as grandes conquistas podem servir para amenizar a situação financeira, desde que, é claro, haja transparência e responsabilidade nos gastos do clube; algo que grande parte da torcida tanto cobra de nossos dirigentes.

O Cruzeiro tem uma imagem de 98 anos a zelar. Nosso centenário está logo ali. Que todos os envolvidos e responsáveis pelo clube estejam cientes disso e levem em conta, principalmente, os interesses da instituição em detrimento de questões pessoais e brigas políticas.

Afinal, o maior prejudicado pelos problemas é também o maior ativo do clube: a imensa torcida, que torce, sofre e se preocupa genuinamente com o melhor para o Cruzeiro Esporte Clube.

Por isso, nesta quarta, estejamos prontos para jogar junto com o nosso time e preparemos o nosso coração para fortes emoções. Como em 2017 e 2018, não teremos vida fácil. E nem poderia ser diferente.

Antes e depois do jogo, pode ser o momento de extravasar toda a raiva em relação aos problemas com os quais o clube tem convivido no extracampo, ou por nossas preferências de jogadores e de estilo de jogo do treinador. Mas durante os 90 minutos, até o apito final, é hora de apoiar o time. Tomara que venha a classificação para a próxima fase.

No final das contas, que fique a lição mais importante (e que deveria ser lema para todos que estão no dia-a-dia de nosso querido clube): para o Cruzeiro, tudo; do Cruzeiro, nada.

Para cima deles, Cruzeiro.

6 comentários:

  1. Viu Sr Itair Machado, "Para o Cruzeiro tudo e do Cruzeiro nada"; respeite a nossa tradição. Aqui não é Ipatinga não. E para o jogo de amanhã, que o Mano escale os maiores salários e mande eles resolverem, Rodriguinho junto com T.N., Fred; Fábio, todos aqueles que ganham muito e mande eles se virarem, dizem que os caras do fluminenc, não ganham tão bem. Então quem ganha mais tem que jogar mais. Senão, depois vamos cobrar. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Pelo amor de Deus, com henrique e cabral no nosso meio de campo, chance de perdermos é enorme, já chega. Só esse treineiro é que não vê que com esses dois não-jogadores a defesa fica totalmente desprotegida, mas são dois dos protegidos, d panelinha do treineiro e por isso, talvez tenhamos que aguentar e xingar muito também ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito. Em quase todos gols sofridos pelo Cruzeiro, a gente vê o meio de campo parando na jogada, como no gol do Pato em que o Cabral estava próximo do Pato, mas ao invés de ficar na cola dele, se adiantou e o deixou livre para marcar. Teve um outro gol (não me lembro qual) em que o Romero vem preguiçosamente atrás do atacante e para deixando receber a bola livremente e marcar. Saudade de quando tínhamos marcadores como o Ricardinho, Ademir, Douglas. Verdadeiros cães de guarda.

      Excluir
  3. Pois é ... se ganha hoje a coisa engrena. O Cruzeiro a julgar pelo aspecto financeiro TEM que ganhar pelo menos uma das 3 competições para aliviar o caixa.

    Também para mandar para longe a nuvem escura que paira sobre a Toca.

    Agora ... não pode nem pensar em desclassificar hoje.

    ResponderExcluir
  4. Texto muito mal escrito... Como pode o Superesportes aceitar amadores?

    ResponderExcluir
  5. Boa noite eu não viu Maia perder meu tempo assistido estes sapatos altos jogar cria vergonha na cara vcs não joga nada se eu formar um time aqui em Brasilia de peões de obras ganha de vcs já estou.com pena do Abel porque só sobra para o técnico estes jogadores se é que pode chamar de jogador fizeram foi um pacto para derrubar o Cruzeiro rapazes tem que valorizar o emprego não adianta mudar técnico com vcs ai qualquer um que chegar vai ser a mesma coisa se fosse o Abel já sairia fora logo .

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.