Header Ads

Apostas de Futebol 1xBet banner

Quem disse que o Cruzeiro desmereceu o seu adversário?

Foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press

O Cruzeiro saiu vitorioso na primeira partida da decisão do Campeonato Mineiro, com gols de Marquinhos Gabriel e do zagueiro Léo. O placar de 2x1 para cima do Alt. Mineiro serviu, ainda, para reverter a vantagem do adversário no próximo confronto.

O jogo em si não foi dos melhores. Talvez, uma das piores apresentações do Cruzeiro na temporada. Muito disso, inclusive, pela sequência pesada de jogos nos últimos dias e pelo desgaste natural dos jogadores.

A equipe celeste encontrou muitas dificuldades para furar a retranca adversária. Importantes jogadores, como Robinho e Rodriguinho, tiveram atuações apagadas. Com isso, as jogadas pelas pontas ficaram sobrecarregadas e as infiltrações em jogadas pelo centro não ocorriam com a mesma frequência de outros jogos. Egídio também não esteve em seus melhores dias e o zagueiro Dedé não está tão seguro quanto no ano passado. O Mito ainda tem crédito, mas pode melhorar.

Ainda assim, a vitória foi de extrema importância e mostrou uma maturidade do elenco, principalmente no momento adverso do jogo, quando levamos o gol de empate. Apesar disso, em certos momentos, alguns jogadores entraram na “pilha” do adversário e perderam o controle. Um exemplo disso foi a sequência de faltas feita pelo meia Rafinha, que culminou com a sua expulsão, já no final da partida.

O ponto positivo, mais uma vez, foi a grande festa da torcida, que apoiou o Cruzeiro do início ao fim e, como sempre, carregou o time para conquistar mais uma vitória. A Toca da Raposa 3 estava bonita demais!

Nos dias que antecederam esse primeiro jogo, muitos torcedores já contavam com uma vitória celeste por uma grande diferença de gols, mas futebol não é assim. A falácia de que o Cruzeiro desmereceu o seu adversário e já se considera campeão não pode ser comprada pela torcida. Dentro do clube, com certeza não teve esse oba-oba. Os pés do nosso time estão bem firmes no chão.

Mesmo com o Alt. Mineiro em uma situação ruim na temporada e com o Cruzeiro invicto, já era esperado que precisaríamos superar uma retranca e um adversário interessado nos contra-ataques. Por mais que algumas pessoas tentem nos vender o papo de que o time celeste é extremamente favorito ao título, não podemos cair nessa história.

O próprio desenho da partida de ontem nos mostra a estratégia traçada pela aldeia. Um jogo muito truncado, com muitos lances de falta e uma clara tentativa de pressionar os árbitros, tanto os dentro de campo quanto os que operam o VAR. Ao final, muita reclamação de arbitragem, apenas em lances que os interessam, como um modo de desmerecer a vitória do Cruzeiro. É só isso que veremos e ouviremos nos próximos dias. Curiosamente, os lances favoráveis ao nosso time são pouco citados. Nada de diferente ao que estamos acostumados a acompanhar.  

Um clima de guerra foi criado e o Cruzeiro deve estar preparado para isso, tanto nos bastidores, já que a pressão para cima do árbitro será ainda maior, quanto dentro de campo, para conseguir jogar um futebol bem melhor do que no primeiro jogo. Se o Cruzeiro jogar o que sabe, tem grandes chances de título. Basta respeitar o adversário e colocar em prática o futebol apresentado em outros jogos neste ano. As animosidades apenas favorecem ao Alt. Mineiro.

E a finalíssima do Campeonato Mineiro, como já esperávamos, será no estádio do América/MG (alguém ainda tinha dúvidas sobre isso?). No próximo sábado, véspera da Páscoa, é tudo ou nada. Mesmo que seja a disputa do título menos importante da temporada, já que nossa prioridade é a disputa do Brasileirão, da Copa do Brasil e da CONMEBOL Libertadores, nunca é bom sair derrotado.

Podemos permanecer confiantes, mas com os pés no chão. Neste tipo de competição, ninguém é campeão com antecedência. Não caiamos nos contos da aldeia. Eles já estão preparando tudo o que podem para nos desestabilizar. Não esperemos nada de federação, do outro lado da lagoa, nem de lugar algum além do nosso Cruzeiro. É hora de foco total e de colocar o coração na ponta da chuteira. É hora de entrar no puxadinho e cantar alto, empurrar o time, sair de lá sem voz e de alma lavada. É hora de confirmar a nossa grandeza e de honrar a nossa história!

Joguem por nós, que cantaremos por vocês!

Para cima deles, Cruzeiro.

10 comentários:

  1. Gostei. Tomamos a vantagem delas(frang6x1as) mostramos que o Mineirão é nosso. Toca 3; Agora é só manter a tradição. Campeão. Abraços azuis.

    ResponderExcluir
  2. Sábado o Cruzeiro será BI CAMPEÃo!
    Cruzeiro samba-rock!

    ResponderExcluir
  3. De galo vingador nada tem. É um é um franguinho doente

    ResponderExcluir
  4. contra tudo e contra todos CRUZEIRO BI-CAMPEÃO

    ResponderExcluir
  5. Não será chutar cachorro morto, será sim chutar galo morto

    ResponderExcluir
  6. Realmente, se o maior de Minas jogar será goleada, mas se abster como no jogo anterior, vence apertado. O Atl mineiro é mto ruim,só jogou com mais vontade.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.