Header Ads


Em busca do hexa, queremos colorir o nosso Brasil de azul e branco!

Reprodução: Twitter Cruzeiro

Ser campeão é difícil, bicampeão consecutivo mais ainda e SEIS vezes só para quem tem uma camisa pesada e de muita tradição. Aliás, o número SEIS traz ótimas recordações para o Cruzeiro! 

Chegamos à oitava final de Copa do Brasil. O Maior de Minas pode se tornar, isoladamente, o maior campeão da competição. Hoje, quase no fim de 2018, carregamos, no coração, o desejo incalculável de sermos HEXA! Durante o ano, enfrentamos os adversários mais duros do país e do continente. Mesmo com tantos obstáculos, somos finalistas outra vez! Entra para a história aquele que levanta para o alto o caneco tão sonhado. Amanhã, é o último momento de decisão, no qual precisamos fazer valer a força dos nossos guerreiros e coroar um trabalho competentíssimo e à altura da grandeza do Cruzeiro Esporte Clube.

Estamos acostumados a escrever grandes páginas heroicas e imortais. No dia 17 de Outubro de 2018, pretendemos marcar, na história, a chegada do mais novo integrante da riquíssima e dourada sala de troféus cruzeirense. Ser cruzeirense é um sentimento sem medidas. Somos impulsionados pelo sangue azul que percorre em nossas veias. Se minha voz não suportar, tenho a certeza de que os oito milhões que integram a Nação Azul carregarão o fardo de cravar outra estrela na constelação mais brilhante dos últimos tempos.

Ao final da ansiedade inevitável, o grito uníssono de "Hexacampeão!" será arrancado da garganta do torcedor mais cardíaco. Teremos a responsabilidade de colorir esse Brasil gigantesco de azul e branco. Cruzeiro, honre o teu hino. Seja combatido, mas jamais vencido! Pelo HEXA!


Um comentário:

  1. Ganharemos e colocaremos novamente o nosso nome no mais elevado patamar. O Brasil fica curioso por saber como o Cruzeiro se reinventa para sempre estar a disputa e conquistar títulos.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.