Header Ads


Chegou a hora! A batalha pelo hexa da Copa do Brasil começa no Mineirão

Foto: Ramon Lisboa / EM / D.A Press

Então é isso. Faltam menos de 24 horas para o início do primeiro capítulo da decisão da Copa do Brasil 2018. 

É Cruzeiro contra Corinthians.

Nosso clube azul celeste vem em busca do hexacampeonato. Dois jogos nos separam de mais uma grande história em nossas páginas heroicas imortais.

Os primeiros 90 minutos do confronto final acontecerão em nossa casa, a Toca da Raposa III, o Gigante da Pampulha, Mineirão.

Ali, mais de 55 mil pessoas estarão presentes para, mais uma vez, carregar o time em busca dessa conquista importantíssima.

É a final. Não há favoritos, tampouco espaço para acreditar que será fácil. E não será, podem ter certeza.

Quem for ao estádio, deve estar preparado para cantar, gritar e apoiar durante todo o jogo. Precisamos desse espírito; fazer da Toca da Raposa III um grande caldeirão, um aliado em um combate.

Após a eliminação de semana passada, precisamos buscar um novo ânimo e reencontrar nossas forças. Não podemos desanimar. É preciso mostrar a grandeza do Cruzeiro, dentro de nossos domínios.

Quer motivo melhor para buscar esse ânimo do que ganhar mais um título? Adicionar a sexta conquista da Copa do Brasil em nossa sala de troféus seria um feito e tanto para o Cruzeiro. Além disso, o valor da premiação neste ano é extremamente atrativo e pode servir como um alívio nas finanças.

Será um desafio diferente para a equipe do técnico Mano Menezes. Pela primeira vez na competição deste ano, precisaremos fazer o primeiro jogo em casa, para depois decidir na casa do adversário.

Para complicar um pouco mais, não teremos o atacante Sassá, suspenso, e, principalmente, nosso camisa 10, Arrascaeta, inacreditavelmente convocado para dois amistosos (você leu isso mesmo: amistosos) pela seleção uruguaia.

Que saber? Isso não importa! Os desfalques podem fazer falta? Claro que sim!

Mas precisamos ver um Cruzeiro partindo para cima do adversário, em busca de fazer os gols, para chegar à uma grande vitória. Sem se preocupar com fatores externos, com ausências, com árbitro de campo ou árbitro de vídeo. É momento de jogar futebol, como há muito tempo a torcida espera, e nada mais. Independente de quem entre em campo. Não apenas isso, mas é momento de alguns jogadores decisivos voltarem a fazer a diferença, de honrar o manto celeste.

Não dá para esperar e ver o que acontece. Temos que nos impor e procurar uma boa vitória, para chegar em boas condições nos 90 minutos na casa deles, semana que vem. 

Vamos, Cruzeiro! Chegou a hora. Joguem por nós, que cantaremos por vocês. Que comece mais uma etapa do nosso caminho vitorioso. Pelo Hexa!

2 comentários:

  1. Não será fácil. Ressaca da desclassificação contra o Boca e do momento do país. As pessoas estão com as atenções voltadas para outras questões.
    Percebo um certo desânimo na torcida - ou será que sou só eu ??? (Tomara !!!!)
    Espero no mínimo que os jogadores demonstrem a vontade e a raça que mostraram contra o Boca. Se repetirem aquela atuação, rola uma boa vantagem nesse primeiro jogo.
    Bora Cruzeirão Cabuloso !!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PRÁ FRENTE É QUE SE ANDA. BOCA É PASSADO. AGORA É TRITURAR O CURINGÃO E BOTAR LOGO A MÃO NA TAÇA.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.