Header Ads


No duelo de Palestras, venceu o maior deles! O Rei de Copas está de volta!

Fernando Dantas/Gazeta Press
Missão dada é missão cumprida. Grandes travessias são caracterizadas por apresentarem obstáculos que, de fato, dificultam o caminho percorrido até alcançarmos o destino desejado. Mas quando se tem um Pirata, nossas chances são aumentadas. Metaforicamente, o Cruzeiro foi até São Paulo e conquistou uma belíssima vitória sobre o segundo Palestra. Aliás, somos visitantes muito indigestos e temidos: batemos Atlético-PR, Santos, Flamengo e Palmeiras, de forma consecutiva.

Hernán Barcos proporcionou a morte súbita alviverde, bancada por uma imprensa bairrista e que, curiosamente, ainda se surpreende com os triunfos celestes. Mesmo assim, não é preciso que alavanquem os patamares do Cruzeiro. Adoramos ser subestimados. As provas (no formato de canecos) falam por si. A história indica que o Cruzeiro é o maior campeão da Copa do Brasil.

Na partida de ontem, saiu vencedor quem tem mais tradição na competição. Fizemos valer o peso de um pentacampeão e de uma camisa tão estrelada, na qual é parte de uma constelação exuberante que encanta o país e a todo o continente. Escolhi te amar, Cruzeiro. Faço isso por amor. Dou a vida por você! Respeitem o Rei de Copas!


3 comentários:

  1. Parabéns pelo texto, já que, não obstante a concisão, falou tudo.

    ResponderExcluir
  2. Sou Cruzeirense e detesto oba oba... ainda não ganhamos nada e o jogo da volta tem tudo para ser duríssimo. Além disso, o Cruzeiro foi bem melhor nos jogos contra Atl Paranaense, Santos e Flamengo, qdo neutralizou praticamente todas as ações desses adversários, já contra o Palmeiras não foi bem assim não: fizemos uma partida razoável e o Palmeiras teve mtas chances, principalmente em cima do nosso setor esquerdo (Egídio, Leo). Fiquei preocupado, temos que melhorar a marcação ali.

    ResponderExcluir
  3. Cruzeiro o terror do eixo do mal

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.