Header Ads


Cruzeirão Cabuloso rumo ao Hexa!

Foto:Rodney Costa/Eleven/Estadão

O Cruzeiro está mais uma vez na final da Copa do Brasil, pela segunda vez consecutiva. Na semifinal, pela terceira vez consecutiva. Isso já é um fato histórico, na história do torneio, somente um clube tinha conseguido esse feito, o Grêmio em 94 e 95, mas o time gaúcho não conseguiu na época o bicampeonato. O Cruzeiro tem a chance agora de fazer história na Copa do Brasil, além de passar na frente do próprio Grêmio em números de taças conquistadas.

Um jogo bastante eufórico, um belo jogo. O time celeste foi realmente excepcional, só não foi perfeito por causa do gol sofrido no início do segundo tempo. Fora isso, o Cruzeiro dominou totalmente a partida e até desperdiçou boas oportunidades de contra ataque que por fim, não nos fizeram falta, mas o empate ainda saiu barato para os palmeirenses.

O Palmeiras até tentou se impor no início do primeiro tempo, com um cruzamento perigoso pela direita, mas que não originou em finalização. Continuou tentando tocar a bola no meio de campo, ter a posse de bola, mas não durou muito tempo, e convenhamos que posse de bola no meio de campo pra quem está perdendo, é totalmente inútil.

Logo logo, o Cruzeiro passou a ter mais a posse de bola, trocando passes na entrada da área, procurando um espaço pra poder furar a defesa do porco. Ainda antes do gol, tivemos algumas tentativas de cruzamento do Egídio, ou seja, estava fazendo tudo certinho, segurando a bola no campo de ataque. Nós não precisávamos nos expor, o resultado era nosso, a obrigação de atacar o tempo todo tentando o gol, era deles. O que não aconteceu.

Até costumo dizer que o Mano sabe fazer uma retranca inteligente, por mais que em algumas vezes tira a gente do sério, mas em certos momentos, é necessário que se segure o jogo, precisamos entender, uma coisa é segurar a partida com a bola nos pés, outra é ficar na contenção deixando o adversário jogar contando com que ele erre. Mas como disse, de uma maneira inteligente. E essa maneira inteligente é, tocando a bola no campo de ataque atento aos espaços vazios, se defender bem e aproveitar as oportunidades de contra ataque pra matar o jogo, e isso o Cruzeiro do Mano tem feito muito bem.

E foi assim que nasceu o gol do Cruzeirão Cabuloso, numa roubada de bola esperta de Thiago Neves que rapidamente acionou Lucas Silva, o camisa 16 deu uma linda assistência pro Pirata que deixou mais uma vez o goleiro campeão olímpico no chão e mandou a bola pro fundo das redes, um belíssimo gol.

Foto: ESPN

O gol de empate do Palmeiras, no meu ponto de vista, sai numa pequena falha do zagueiro Dedé, apesar de ser o monstro Dedé, não sejamos hipócritas, ele perde a disputa pro medíocre Felipe Melo que tem um porte físico menor. Enfim, isso não quer dizer nada, não vai e nem mudou nada. Além do mais, o Dedé fez uma grande atuação, e o que ele fez de positivo no jogo, com certeza apaga a falha no gol. Mas confesso que na hora fiquei bastante preocupado, tomamos o gol cedo demais, logo aos 4 minutos da etapa final, deixando a partida perigosa. Não podia ter tomado aquele gol, mesmo o Cruzeiro estando bem na partida, superior ao Palmeiras, com a partida controlada, nada estava decidido, já ouviu falar do "gol achado"? Pois então, minha preocupação era essa. Felizmente não tomamos sustos. Gosto de dizer isso, "tamo" em casa!

O Palmeiras ficou pra trás, o que importa agora é a final, é o Corinthians. Estou muito confiante no título, e te digo mais, estava torcendo contra o Flamengo, prefiro mil vezes jogar a final contra o Corinthians do que contra o time do cheirinho. Digo isso não pela fase de cada, ou pelos elencos que, querendo ou não, o do Flamengo é bem melhor, fato. Mas a questão é que já fomos campeões no ano passado em cima do rubro negro, os eliminamos da libertadores desse ano, a última coisa que eu quero é mais um Cruzeiro e Flamengo em mata mata com oportunidade de revanche pra eles ainda. A mídia má intencionada, iria criar uma pressão em cima disso e pronto, tabu foi feito pra ser quebrado. Não quero ver o Flamengo na nossa frente por tão cedo.

Então que bom que será o Corinthians, uma final inédita, o Cruzeiro é sim, favorito nessa final, e se não for considerado pela mídia do eixo, eu acho até bom. Que puxem as atenções pra lá. Os mandos de campo já foram decididos, a decisão será em Itaquera. A única coisa que me chateia disso, é que se o Cruzeiro for campeão, estará longe da sua torcida, quanto ao resto, por mim tudo bem, temos totais condições de vencer os dois jogos, com todo respeito ao Corinthians.

Já estou ansioso por essa final, vamos lá Cruzeirão Cabuloso, conquistar o Hexa, o bicampeonato consecutivo e calar a boca de muitos, essa camisa pesa, não subestime o Maior de Minas!

3 comentários:

  1. Vinte milhões para essa fase é muita grana. E ainda tem mais vinte milhões para o campeão. Tá na hora de tirar o escorpião do bolso e pagar um super-bicho para os jogadores em caso de título. O retorno é garantido com a grana da Libertadores de 2019.
    Está na hora de começar a reformular o elenco para o ano que vem. O elenco, embora de boa qualidade, está envelhecido. Precisamos de jogadores mais jovens. Esses que estão aí não aguentam nem 90 minutos por semana em alto nível.
    #cadeabase? Já passou da hora de colocar os meninos para jogar no Brasileirão. Todo mundo faz isso - veja o tal do Pedrinho do Corinthians ontem. Porquê o Cruzeiro não valoriza o trabalho dos dirigentes das categorias de base dando oportunidades para os atletas ?

    ResponderExcluir
  2. Por mim pode continuar com esse time pro ano que vem ,almenta ali umas 3 ou 4 peca a aí

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.