Header Ads


Não deu nem pro cheiro!


(Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)

Amigo Cruzeirense, noites como a de ontem revelam o quanto é difícil e sofrido estar em uma competição tão importante como a Libertadores. Em jogo como estes, nossos corações batem em uma frequência diferente; o relógio que antes do jogo era o nosso pior inimigo, se torna o nosso maior aliado em campo; os nossos sentimentos ficam à flor da pele, e até nos esquecemos do resto das coisas do mundo. Tudo isso é normal porque não estamos falando de um time qualquer, estamos falando do Cruzeiro, o time que não joga apenas contra o adversário, e sim, contra a imprensa, e todos os que desacreditam constantemente de nosso potencial.

Ao estilo Mano Menezes, o Cruzeiro entrou em campo para jogar pela vantagem. Não que isso seja ruim, porque temos que explorar todos os recursos que temos, mas com certeza, é um modo que nos faz sofrer muito mais do que deveríamos. Talvez, esperávamos um pouco mais. Queríamos que a bola do Barcos entrasse, que o Thiago Neves não tivesse o chute defendido pelo Diego Alves, e que a bola do Lucas Silva fosse morrer dentro do gol, mas todos esses detalhes culminariam na classificação, a que conquistamos mesmo diante dos apertos.
Sendo Cruzeirenses, temos que aprender a ver o nosso time da forma contrária que a mídia impõe. Nós entramos em campo ganhando, e saímos ganhando também (agregado), então a vantagem sempre foi nossa, e não há porque cobrar tanto, estamos no caminho certo, um passo a frente de conquistar a Libertadores.

Vamos continuar fortes e motivados, fazendo festas incríveis como as de ontem, dentro ou fora do Mineirão. Vamos torcer como nunca, independente do que digam. Podemos mais sim, e sabemos disso. Continuamos apoiando, porque embora desacreditados por todos, cremos em nós mesmos, e é a única coisa que importa.

Seguimos juntos, lutando por um objetivo que conhecemos bem, fazendo nossas estrelas brilharem em todo o continente. Quando torcida e time jogam juntos, não dá nem pro cheiro.

4 comentários:

  1. Sempre CRUZEIRO !!! A diferença de 21 anos entre os títulos da Libertadores vai se repetir agora em 2018. Vamos lá CRUZEIRÃO CABULOSO !!! Rumo ao TRI !!!

    ResponderExcluir
  2. Vamos ser penta e tri sem dúvida nenhuma.vamos lá cruzeiro campeão .

    ResponderExcluir
  3. Este vamos ser tri e penta podes crê. Vamos lá cruzeiro sempre campeão.

    ResponderExcluir
  4. Penta nao, hexa copa Brasil

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.