Header Ads


Mano Menezes e o Conto da semana de clássico

Foto: Divulgação/Cruzeiro

Nada como começar uma semana após uma bela vitória do nosso Cruzeiro!

Como o jogo deste domingo foi às 11hs, ainda sobrou tempo para chegar em casa e aproveitar o almoço com a família, comemorar o Dia das Mães. Dentro de campo, vimos a uma apresentação convincente do time celeste. Mostrou solidez defensiva e um bom volume de jogo no campo de ataque, sem dar muitas oportunidades ao adversário. Na verdade, o placar poderia ser ainda mais expressivo a nosso favor.

No final, foi uma importante vitória. Além de subirmos posições na tabela de classificação, mantemos a possibilidade de estar entre os primeiros colocados do Campeonato Brasileiro quando chegar a parada para a Copa do Mundo.

Os destaques da partida, sem sombra de dúvidas, o uruguaio Arrascaeta e o zagueiro Dedé. O nosso camisa 10 foi muito participativo, com 1 gol e 1 assistência, dribles, belas jogadas e muita disposição. O “Mito” mostrou, mais uma vez, um belo futebol. Não apenas pelo gol de cabeça, mas por estar em todos os lugares do campo. Nos impressiona o vigor físico, a velocidade e o poder de recuperação de Dedé. É, de fato, o melhor reforço do Cruzeiro para esse ano de 2018.

Pelo fato do zagueiro camisa 26 ter, no final da partida, levado o terceiro cartão amarelo e, com isso, ter virado desfalque para a próxima rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Atlético/MG, o técnico Mano Menezes foi questionado durante a coletiva de imprensa: o Cruzeiro entrará com um time reserva ou com força máxima no clássico regional?

“Aqui ninguém está preocupado com o clássico, só você”. Com essa resposta a um repórter, nosso técnico jogou um balde de água fria em muita gente. Acredito que o posicionamento dele foi perfeito e que ainda não é hora de pensar no jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. É um jogo que vale três pontos como qualquer outro, apesar de toda a rivalidade envolvida. Ainda assim, não é hora de cair no Conto da semana de clássico.

Antes, temos um compromisso muito importante, contra o Atlético/PR. O confronto, válido pelas Oitavas de Final da Copa do Brasil, precisa ser levado à sério e o Cruzeiro tem grandes chances de conseguir um excelente resultado, para chegar em boas condições de classificação na segunda partida, dentro de casa, no Mineirão. Por isso, passada a euforia pela vitória contra o Sport, é hora de colocar o foco nesse jogo de quarta-feira, na Arena da Baixada.

Só depois é que poderemos pensar no jogo contra o Atlético aqui de Minas. Um passo de cada vez. Temos que lembrar, ainda, que teremos um jogo muito complicado, e também decisivo, contra o Racing, aqui no Mineirão, no dia 22/05. Uma vitória do Cruzeiro, por qualquer placar, nos garantirá o primeiro lugar do grupo 5 e uma boa vantagem em alguns confrontos da fase de mata-mata da Libertadores.

Não acho que entraremos no clássico com o time todo reserva, mas, talvez, outros jogadores serão poupados, além do desfalque certo do zagueiro Dedé. Essa sequência de jogos até a parada para a Copa do Mundo será muito pesada e o técnico Mano Menezes precisará rodar o elenco, para que não percamos alguma peça importante do time por conta de lesão.

É hora de ser inteligente, de mostrar um bom planejamento, mas sem esquecer da criticidade de cada confronto. Independente dos jogadores que vão à campo, a torcida espera um time que busque as vitórias sempre, seja pelo Brasileiro, pela Copa do Brasil ou pela Libertadores; a nossa cobrança será a mesma.

Para cima deles, Cruzeiro!

9 comentários:

  1. Que o mano poupe contra o Paranaense, não aceitamos perder clássico. Coloque reservas no meio da semana, jogue na retranca o que for e no clássico time inteiro para correr atrás de uma vitória...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que mane poupar contra o Paranaense. Foda o clássico , eu quero é título.

      Excluir
  2. Fiquei sabendo que o Mano pediu que o Dedé forçasse o 3° cartão amarelo para ser poupado no jogo contra o Atlético. Sinceramente, não dá pra entender isso. Não concordo, de forma alguma. Tomara que eu esteja errado, e que o substituto do Dedé dê conta do recado. Complicado demais isso. Põe complicado nisso. Pra não dizer outra coisa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí é estória da carochinha.

      Excluir
    2. Eu acho que será inevitável poupar o Dedé de algumas partidas neste ano, principalmente pelo calendário cheio de jogos. No caso, como ele já tinha 2 cartões amarelos, optaram por ele forçar o terceiro e ser poupado contra o Atlético de Minas. Mesmo assim, não acho que irá poupar todo mundo, talvez uns 4 jogadores que estejam mais desgastados. E pode ser que Thiago Neves e Edilson voltem ao time. Vamos ver

      Excluir
  3. KkKkK ... essa Viviane Lucia só pode ser torcedora do galinho mineiro ....

    Essa bobagem de "clássico" é ideologia picareta vendida pela imprensa da capital. "Clássico" são disputas entre times grandes o que NÃO TEMOS em MG, dado que somente o Cruzeiro é DE FATO um clube tradicional campeão e de grande expressão no esporte nacional.

    Já passou da hora de a parte da torcida que ainda acredita nessa falácia parar de rebaixar o Maior de Minas ao nível desses timinhos protegidos por imprensa provinciana.

    Se for analisar a fundo só tem pilha de "jornalista" nessa história, só demagogia da dita "crônica esportiva mineira" e suas provocações infantis deliberadamente manchetadas com a vil intenção de reduzir a grandeza do Cruzeiro com "brincadeirinhas e "piadinhas" ao patamar do seu protegido clube que goza de pouca expressão até mesmo dentro de Minas Gerais, basta visitar o vasto território mineiro p constatar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MARIA EU SEI QUE VOCÊ TREME

      Excluir
    2. Vc tem toda razão , eu sinceramente nem ligo muito para clássico , jogo do Atlético paranaense e importante e depois o Racing para tentar garantir o primeiro lugar , clássico nem estou ligando , quero o Cruzeiro cabuloso brigando pela copa do Brasil e libertadores e brasileiro ficar na parte de cima da tabela antes da copa só isso

      Excluir
    3. Eu concordo com você, André. Apesar de muita gente ter essa obsessão por clássico regional, os jogos pela Copa do Brasil e Libertadores são decisivos e muito importantes. Sabendo mesclar bem o elenco, dá pra colocar times bem competitivos em todas as competições. Cabe ao Mano e sua comissão técnica planejar e saber usar os jogadores que tem a disposicao. Oba: Fabiano, ainda está chateado com os 2x0, não é? Não fique triste! E obrigado pelo ibope!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.