Header Ads


¡Qué grande sos Cruzeiro!

Ramon Lisboa/EM/D.A Press
Quem foi ao Mineirão ficou atônito. Massacramos a Universidad de Chile para mais de 34 mil espectadores. A superioridade celeste ficou evidente desde o primeiro minuto, quando foi preciso impor o estilo de jogo ofensivo bastante cobrado pela torcida. A torcida compareceu em bom número e deu um show, mas o time é quem roubou a cena. Ainda bem que foi assim. Thiago Neves, Rafinha, Sassá, Arrascaeta e Rafael Sóbis anotaram os tentos da maior goleada cruzeirense na história da competição, repetindo o feito diante do Real Potosí no mesmo local, lá em 2010.

A postura da partida de ontem agradou muito a Nação Azul. Os principais capítulos de nossas páginas heroicas e imortais sempre foram marcados pela agressividade jogando com o público a favor; ontem não foi diferente. Após a diferença também numérica, o Cruzeiro atropelou a La U, que optou por contrariar a tese de "fechar a casinha" e quis nos atacar: o resultado é que eles se deram muito mal e quase perderam o caminho de volta para Santiago.

O Cruzeiro é bicampeão da Copa Libertadores. A alma matreira aliada ao espírito frio e calculista característicos da entrega tradicional palestrina credencia O Maior de Minas a ir com moral para enfrentar Vasco e Racing, respectivamente. Será preciso vencer, no mínimo, mais um duelo dos que restam. Mas é bom que o cruzeirense não espere o mesmo comportamento de ontem contra os cariocas em São Januário. A filosofia de Mano Menezes é a de que é preciso se resguardar, ser precavido na defesa e, quando possível, atacar o adversário ao jogar longe de seus domínios. 

A China Azul está mais do que nunca fechada com o time. É hora de demonstrar o porquê somos a La Bestia Negra del continente. E como diz a tão famosa música: "Vamos Cruzeiro querido de tradição, Libertadores, ser campeão..."




4 comentários:

  1. Nada como um dia depois do outro. De bestas a bestiais em três dias. Os mesmos que criticaram a equipe a três dias , são os mesmos que a enaltecem hoje.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite,

    Também concordo. De horríveis a ótimos.
    Logo logo, estarão novamente falando de panelinhas, de MM retranqueiro, etc..

    ResponderExcluir
  3. O Mano é mesmo inteligente, toda vez que fica na situação de cai não cai, ele injeta ânimo na equipe e aí fazem um belo jogo e se safa. Tenho minhas dúvidas, será que se tivessem perdido este jogo , ainda seria o técnico?

    ResponderExcluir
  4. O Mano é realmente um cara esperto. Para manter o henrique (o maior enganador do futebol brasileiro) no time (um dos seus protegidos, da sua panelinha) o que que ele fez: tirou o cabral que é outro inútil, como o henrique e colocou um cara que conhece o meio de campo: Lucas Silva, passa fácil a bola sempre queimando a grama, chuta bem, criativo (é o contrário da lesma cabral e da tartaruga henrique) tirou o robinho que não tem nenhum tique de babá de lateral e colocou um cara limitado mas lutador, rápido, solidário que ajuda na marcação tanto do lado direito com Edilson quanto do lado esquerdo com Egídio e compôs um meio de campo mais combativo (o henrique sumiu do jogo, saiu e o Romero que o subsstituiu dau dois passes para gols e uma assistência pro Arrasca que se enrolou com a bola)
    Ter opinião própria é característica de quem tem personalidade, mesmo quando todo mundo acha que tá tudo bem e não tá ...

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.