Header Ads


Pouca gana pra muita grana!

Alexandre Guzansche/EM/D.A Press
Frustração é a palavra que define a partida celeste ontem diante do Vasco para mais de 38 mil torcedores. A torcida azul lotou o Mineirão sob a perspectiva de vitória para dar moral para o clássico, mas de nada adiantou. A pouca inspiração e vontade do time demonstram o cenário obscuro do grupo cruzeirense na Libertadores. Um ponto conquistado em seis disputados. A situação preocupa; técnica e numericamente. 

Foi nítida a confusão feita pelos volantes ao deixarem o meio-campo totalmente vulnerável, lento e com buracos que permitiam aos vascaínos atacarem com velocidade, principalmente com Paulinho. O lado direito inexistiu. Dali, nenhuma jogada foi feita. O jogo se resumiu ao toque de bola à frente da meta de Martín Silva, chutando pouco e com muitas bolas alçadas por Egídio (não acertou uma sequer). Curiosamente, a jogada aérea foi executada mais vezes quando a equipe estavam sem um homem de referência; Sassá entrou no segundo tempo e errou ao menos duas boas oportunidades.

O resultado contextualiza a displicência do Cruzeiro nessa Libertadores. Desequilibrados, os jogadores estão mal distribuídos em campo. Se quisermos levantar o caneco do campeonato mineiro, precisamos melhorar e render muito mais. Apoio nunca vai faltar, contudo, inevitavelmente, desanima grande parte de quem financia uma equipe tão cara e produz tão pouco como a nossa na situação atual.

16 comentários:

  1. Nesse time pode colocar Cristiano Ronaldo e Messi que o padrão mano consegue avacalhar. Contrata-se jogador, troca jogador, mas o futebol pobre é o mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Meio de campo lento, sem energia, marcando de longe só com os olhos (prá variar), sem criatividade nenhuma. E por isso, a defesa fica completamente vulnerável. Na verdade esses dois (henrique e cabral)já eram há muito tempo. só o técnico é que finge que não vê como nenhum dos dois não acrescenta nada ao time,são inúteis, mas enquanto isso, Lucas Romero, Lucas Silva, Bruno Silva e o Mancuello esperam em vão, uma chance ...
    Enfim,há tempos a escalação do time é equivocada, o Murilo é fraco, o Egídio tá em má fase, o Robinho não deu certo como quarto homem do meio de campo e o time é mal treinado. O técnico não se impõe para fazer as modificações necessárias e urgentes. O rural já era e se esperar muito tempo mais pra mudar, a libertas também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, meu caro! Concordo plenamente! Mano está burro e insiste na burrice!

      Excluir
  3. Eta Mano Menezes que é burro! Vai gostar de escalar nulidades, lá longe! E insiste! Henrique, Robinho, Egídio! Eta trio de mer##,sô!

    ResponderExcluir
  4. E se formos analisar com tranquilidade, o Cruzeiro fez este ano três jogos importantes de fato. Perdeu para o Racing por 4 a 2, 3 a 1 naquela partida vexatória para o Atlético e ontem este empate sem gols contra o Vasco em casa. Os outros jogos foram contra adversários fracos que nada acrescentaram a equipe. Creio que o mineiro já está perdido, mas a libertadores ainda dá para arrumar a casa.

    ResponderExcluir
  5. Ridículo a supervalorização que fazem deste time e seu pseudo deus treineiro .... lamentável

    ResponderExcluir
  6. Sai o Mano ( técnico enganador, mais uma invenção da mídia), entra o cuca. Problema resolvido.

    ResponderExcluir
  7. penso que o jogo contra o vasco ja passou... agora temos que bater a cachorrada de qualquer jeito! eu e meu namorado já estamos na torcida! sera uma batalha contra esses heteros preconceituosos! temos q mostrar nossa força! somos cabulosos!!!uhuu ;)

    ResponderExcluir
  8. Torcer para o Cruzeiro tá igual torcer para o jacaré em filme do Tarzan. Não ganha uma...

    ResponderExcluir
  9. E quanto ao treinador, se fosse para mudar, sou mais o Marcelo Oliveira que é um camarada íntegro. O Cuca é amiguinho apaixonado das frangas. Por onde o Adilson Batista? Se aposentou do futebol?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adilson Batista continua estudando futebol e vivendo no sul. No início do ano li uma matéria que ele tinha pretensão de voltar esse ano, acho até uma boa opção para o Cruzeiro, pois sempre demonstrou amor a essa camisa diferente de outros técnicos mercenários que já passaram pela toca.

      Excluir
  10. Como assim lotaram o mineirão? Lotar significa encher.Um Estádio que cabe 60 mil pessoas e tinha somente 38,não é está nem de.longe lotado.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.