Header Ads


Quarta feira de libertadores e não tem Cruzeiro ? Calendário longo demais ?

Créditos: Thiego Souza
Já é quarta feira, dia de libertadores da América. Mas não para o Cruzeiro. Para matar os cruzeirenses de ansiedade, e de raiva também. Depois de uma estréia negativa na Argentina contra o Racing, com certeza a equipe celeste está com muita vontade de entrar em campo novamente e mostrar a verdadeira força do time. Embora o Cruzeiro não tenha jogado mal nesta partida, o resultado é o que conta e como todos viram, tragicamente levamos quatro gols bobos, um acidente que esperamos que não se repita mais.

Mas isso não é nada que me deixe preocupado. Único sentimento que tenho agora, é de revolta e impaciência. Está sendo complicado ter que esperar um mês e mais alguns dias para ver o Cruzeiro na "liberta" de novo. Isso é brincadeira com o torcedor, pior para os super ansiosos como eu. Semana de libertadores sem o Maior de Minas não tem graça. Prefiro assistir o Figueirense na Copa do Brasil.

Sou totalmente contra essa mudança no calendário da libertadores, que desde o ano passado foi alongado até o fim da temporada. Na minha opinião, é bem prejudicial aos clubes. Um torneio que tinha o seu campeão definido até julho, agora se estende até novembro, mês em que os jogos são mais constantes e mais decisivos.

Prejudicial pelo fato de causar conflitos entre os outros torneios. Até o momento que um time acaba tendo que escolher uma competição pra qual se dedicar mais. Um exemplo disso, é a equipe do Grêmio na última temporada, que depois da eliminação da Copa do Brasil, se dedicou mais à competição continental, deixando em segundo plano o campeonato brasileiro. Suponhamos que o Grêmio tivesse perdido a final para o Lanús, jamais se recuperaria no brasileirão e teria um ano inteiro desperdiçado. Foi um risco que a equipe gaúcha optou em correr, para sorte deles e por competência também, acabou dando certo.

Outro motivo pra que eu descorde desse calendário, é o fato do campeão da América, sair quase em cima do início do Mundial de clubes. Pois se os times sul-americanos já tivesse o título garantido com uma antecipação como era antes, teria muito mais tempo para pensar e estudar bem o torneio mundial. Hoje as equipes só tem tempo pra pensar na final da libertadores, e só depois de se consagrarem campeãs, teria entre 15 a 20 dias pra se preparar para enfrentar os melhores times do mundo. É muito pouco tempo.

E volto a dizer, vai matar torcedores como eu de ansiedade, quero jogos da libertadores com mais frequência, acaba interrompendo grandes decisões. Acredito que se for dar um intervalo, deveria ser no máximo três semanas, não mais de um mês.

Aproveitando esse assunto de mudanças no regulamento, queria dizer também que, discordo plenamente de final única, não podem padronizar as competições continentais, cada uma tem seu formato, é o que os tornam diferentes, se trata de tradição.

Enfim, o que nos resta é esperar até dia 4 de abril pra ver o "Cruzeirão Cabuloso" na libertadores novamente. Parece que nunca vai chegar, mas tudo bem. Até lá temos o campeonato mineiro que também quero ser campeão de qualquer maneira.
Paciência amigos !


Forte abraço e simbora Cruzeiro !

3 comentários:

  1. Concordo com o blogueiro. Muito tempo de espera. Esta Conmebol é uma mistura de incompetência, má-intenção, e óbvio, falando de América do Sul, um pouco de corrupção além dos limites 'aceitáveis'. Também um pouco de burrice. Mas o blogueiro, eu e todos os cruzeirenses podem ficar tranquilos por que este ano a América vai ser nossa, embora esta seja a Libertadores mais difícil dos últimos tempos.

    ResponderExcluir
  2. Sou atleticano (galo doido), mas concordo plenamente com tudo o que você disse. É uma palhaçada uma competição como a libertadores durar um ano inteiro, com jogos de um mês e poucos dias de diferença. Formato horrível, e que na minha opinião so esfria a emoção e adrenalina do jogos (para a torcida). Horrível tbm esse Novo formato de final única, querem comprar Europa com a América do sul. Nao temos estrutura nenhuma de transporte como os europeus.

    ResponderExcluir
  3. Concordo Gustavo,Esse intervalo entre as partidas pode até ter algo de positivo para as equipes,mas nao para a torcida.Realmente gerou conflitos com os outros torneios,principalmente a proximidade com o mundial,como vc citou.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.