Header Ads


Libertadores é raça, nós queremos a taça!


(Foto: Ramon Lisboa/ EM D.A Press)
 Na noite desta terça-feira o Cruzeiro deu o pontapé inicial na Libertadores 2018. Após 2 anos fora da competição mais importante da América, a estreia contou com desfalques importantes, falhas imperdoáveis e com um placar (4x2) que nem o Cruzeirense mais pessimista imaginava. Todas esses fatores combinados, mostraram o peso que essa disputa tão equilibrada terá durante a temporada Celeste.

 Há quem diga que não é válido misturar o profissional e a emoção, mas o falecimento  do pai do goleiro Fábio, de certa forma fragilizou os jogadores. A experiência do nosso eterno capitão em libertadores e seu espírito de liderança fizeram falta em relação a orientação da defesa dentro de campo. Outro desfalque que nos fez sentir saudade, foi o do zagueiro Léo, que vem atuando de maneira segura e precisa. Edilson, apesar de estar fora do jogo, foi substituído muito bem por Lucas Romero, que tem feito grandes partidas com a camisa celeste. Após o início da partida, próximo aos 5 minutos de jogo, também perdemos o nosso centro avante Fred por lesão, e isso pode ter contribuído para mudar a história do jogo.

 O nervosismo e a falta de experiência do setor defensivo foi claramente visto desde o início do jogo. A defesa que sofreu 1 gol durante toda a temporada, se perdeu em campo, e sofreu 3 gols de bola parada, mostrando deficiência nesse tipo de jogada. Rafael estava pouco seguro, chegou poucas vezes à bola. Manoel não conseguia ganhar bolas pelo alto, estava confuso em campo, recuando mal e não marcando os jogadores mais eficientes da equipe adversária. Murilo, estreante na competição, foi tomado pela insegurança mostrada pelos mais experientes e não esboçou reação efetiva nos ataques adversários.

 A libertadores é uma competição que não se pode errar. Os erros apresentados pelo Cruzeiro em campo em plena estreia precisam ser corrigidos para alcançarmos objetivos maiores na competição.

 A Libertadores é superação, é se doar dentro de campo, assim como nos doamos tantas outras vezes quando ninguém mais acreditava em nós. Somos a La Bestia Negra das Américas, que impõe medo aos adversários, que chega forte pra vencer dentro ou fora de casa. Somos o Cruzeiro tão combatido, e jamais vencido. Somos o time que se levanta diante das dificuldades, e que faz delas nossa motivação. Somos construídos de tradição, e com certeza nos levantaremos muito mais fortes para as próximas batalhas. Somos a torcida, a paixão, a força, o apoio, e não vamos deixar que uma derrota abale tudo que construímos até aqui. Seguimos juntos, por amor ao Cruzeiro, e aguardamos os próximos capítulos dessa história que ficará marcada em nossas páginas heroicas e imortais, porque afinal, Libertadores é raça, e nós, queremos a taça.

27 comentários:

  1. Trmeu de novo, kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho melhor se preocupar com a Copa do Brasil amigo

      Excluir
    2. Vc e feliz com que? Três titulos em 140 anos?Eh sofrencia sô!Domingo nós vamos aumentar a sua miseria.

      Excluir
  2. O Mano daqui para frente tem que escalar jogadores que tenham o espirito de Libertadores,tipo Romero

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, jogadores que saibam jogar a competição são essenciais para alcançarmos nossos objetivos dentro da competição.Temos jogadores qualificados para isso

      Excluir
  3. Estéfane, o Cruzeiro não jogou mal, pelo contrário, poderia ter saído com a vitória, caso tivesse feito os gols nas claras chances que teve. O placar foi o resultado de uma combinação de desfalques importantes do Cruzeiro, desatenção da defesa e uma noite muuuuito feliz do Martinez. Não será todos os jogos em que ele terá uma noite assim. E olha, pode escrever, o Cruzeiro vai dá o troco bem dado no Racing aqui na Toca 3.
    Cruzeirão! O maior de Minas! Campeão da Libertadores 2018.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza não jogou mal, mas foi condenado pelos erros, como perder chances claras e vacilar na defesa. Acredito muito que vamos dar o troco, somos o Maior de Minas, todos sabem do nosso potencial.

      Excluir
  4. Se tomamos de 4 na Argentina , podemos dar de 4 no salão de festas do galo também , aguardemos essa hora vai chegar .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Detectando frangas apaixonadas pelo Cruzeiro. Quanto mais Ibope pra nossa página, melhor e pra nós

      Excluir
  5. Agora somos La bestia quadrada depois desse jogo amiga . Partindo para 22 anos na fila chorando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é vontade de ser Cruzeiro? Kkk

      Excluir
    2. Esse aí e especialista em fila,domingo vai levar uma chicotada nesse lombo mono-título.

      Excluir
    3. 47 anos na fila do brasileiro, a existência do clube inteira na fila pelo bicampeonato, é de rir kkk

      Excluir
    4. Sua carteirinha de freguês saiu primeiro que sua certidão de nascimento, vai comentar sobre volei e balé de futebol manja nada

      Excluir
    5. Modinha da internet , vai estudar futebol fica feio ficar escrevendo mentira como resposta, chacota

      Excluir
    6. Kkkkk que tipo de mentira escrevemos aqui? Tá com tempo de acompanhar o Cruzeirão Cabuloso hein!

      Excluir
    7. Maria mijona poe uma coisa nessa cabecinha oca sem memória alguma de tanto apanhar, cruzeiro só existe em Minas porque alguém tem que apanhar do Maior de Minas Galo doido , seus filhos serão fregues, seu pai é e vc será até morrer . KKKKKKKKKK jamais mudará a história de surra desse Estado

      Excluir
    8. Vc e o típico torcedor do 6a1o,quer ganhar na conversa com argumentos sem fundamento e dando coice como se fosse uma mula,seja um cavalheiro pelo menos aqui e tenha respeito com nossa colunista,que é muito educada ao contrário de voc6.Agradeça seu papai Cruzeiro por colocar MG no mapa,seu caroneiro apagador de luz e outros trambiques.Nós vamos te ensinar uma dura lição domingo,dentro de seu próprio puxadinho

      Excluir
    9. Kkk ele tá dando Ibope e visualização pra página. Pode voltar sempre que quiser, quanto mais visualizações melhor. Já sabemos que o Cruzeiro incomoda tanto, que um atleticano podendo comentar sobre o seu time na copa do Brasil, prefere estar aqui comentando sobre o Cruzeiro. Obrigada, volte sempre kk

      Excluir
  6. O que me impressiona é que, há mais uma semana, vinham falando maravilhas desse Lautaro; que era ele a bola da vez na Argentina. É claro que o Mano deveria ter preparado uma marcação especial nele. Ou não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, acredito que a defesa vacilou bastante em deixa-lo livre, ele foi oportunista e chegou aos gols

      Excluir
  7. Estéfane,bom texto.As circunstancias nos impediu de trazer um bom resultado ontem,mas eu tambem estou certo que vamos suceder.Vamos classificar e bem no grupo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim,ontem foi apenas uma luta das batalhas que enfrentaremos daqui pra frente. Estou confiante em uma classificação confortável nesse grupo

      Excluir
  8. Que bom ver uma linda jovem comentando sobre o Cruzeirão Cabuloso!Parabéns!
    Duas dicas na minha modesta opinião:
    1 - esqueça essas franguinhas, a vida dela sempre foi secar o maior de Minas desde a década de 90;
    2 - Libertadores é raça mesmo, se tiver jeito avise a Henruinque, Cabral e Robinho por favor!
    Saudações estreladas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fico feliz que tenha gostado. As frangas sempre estarão aqui vivendo a sombra do Cruzeiro.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.