Header Ads


Parabéns, Belo Horizonte, a capital do Cruzeiro

Foto: Gualter Naves/Lightpress
Hoje, dia 12/12/2017, Belo Horizonte completa 120 anos de existência.

A capital de Minas Gerais, terra de lugares marcantes, é Praça da Liberdade e Mercado Central, Mirante do Parque das Mangabeiras e Praça da Savassi, Praça Sete e Parque Municipal, Igrejinha da Pampulha e Igreja São José, Praça do Papa e Basílica de Lourdes, Edifício Maletta e Feira Hippie, Lagoa da Pampulha e Parque Guanabara. É a capital dos bares, da vida boêmia, do pão de queijo, do feijão tropeiro, do frango com quiabo, queijo minas com goiabada, e tantos outros. É berço de cultura; música, teatros e museus. 

É capital, também, do esporte. Nas ruas do Barro Preto ou na Toca da Raposa, no Mineirão ou em qualquer lugar, o Cruzeiro faz parte e engrandece Belo Horizonte cada dia mais. Suas inúmeras conquistas estão gravadas na história da cidade. No atletismo, no futebol americano, no vôlei, no futebol, somos campeões em tudo. Prazer, aqui é Cruzeiro ESPORTE Clube.

É muito bom saber que não investimos apenas no futebol, mas realizamos importantes parcerias para alcançar o sucesso em outras modalidades esportivas. A trajetória alcançada pelo Sada Cruzeiro no vôlei é impressionante; é, sem dúvidas, a maior equipe no Brasil e no mundo. Recentemente, com o Sada Cruzeiro Futebol Americano, já alcançamos mais títulos. Tudo isso serve para marcar o nosso clube ainda mais na história da cidade e para levar a nossa marca para o mundo.

No Gigante da Pampulha, grandes confrontos, jogos históricos, muitos gols, Copa do Brasil, Brasileiro, Libertadores. Não dá para separar o Mineirão do Cruzeiro. Foram muitos momentos que marcaram Belo Horizonte e foram inesquecíveis para a nação cruzeirense. Por isso, em uma grande cidade, com um grande estádio e um grande clube, é assim: a imagem do Cruzeiro resplandece.

São tantos lugares e tanta história que, realmente, podemos dizer: não há lugar melhor que BH. E não há clube melhor que o nosso; não importa o que digam os rivais. Essa jornada ainda não acabou, podem ter certeza. Muitos anos de glórias estão reservados para o Cruzeiro e para toda torcida celeste.

Parabéns Belo Horizonte, a capital do Cruzeiro Esporte Clube. Continuaremos a construir essa bela história, a cada ano, com mais vitórias e com mais títulos. 

5 comentários:

  1. Parabéns pelo belíssimo e inspiradíssimo texto. Parabéns BH-CEC.

    ResponderExcluir
  2. Ter as cores azul, cheio de estrelas, de títulos é algo sensacional. Em 1958, quando o Brasil disputou a copa do mundo na Suécia, não tinha uma cor definitiva para a camisa. Então, Pepe e outros escolheram o azul "cor do Manto de Nossa Senhora". Azul é sinônimo de vitória.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Milton! Azul é a cor da vitória mesmo! E muitas vitórias ainda nos esperam por muitos e muitos anos.

      Excluir
    2. Da terra se olha o céu e se vê que ele á AZUL. Gagárin, o primeiro astronauta, ao ver a terra da imensidão dos céus, afirmou que a TERRA É AZUL. Você, inspirado blogueiro, diz que BH é AZUL. Azul é a cor da camisa de nosso Cruzeiro que ao colorir a imensidão do céus, colore BH, Minas e o Brasil também com a magia de nossa Clube, expressada nas conquistas imortais. As 5 Estrelas de nossas camisas ao simbolizar o Cruzeiro do Sul, são também decantadas no Hino Nacional. Diante pois de tantas coincidências extraordinárias, A IMAGEM DO CRUZEIRO HAVERÁ SEMPRE DE RESPLANDECER E PARA SEMPRE! Viva o Cruzeiro Esporte Clube, o MAIOR DE MINAS, verdade, verdadeira!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.