Header Ads


UM CAMISA 2 E UM CAMISA 9: AS MAIORES NECESSIDADES DO CRUZEIRO

Gualter Naves/Lightpress

Após a derrota incontestável para o Flamengo, em que fizemos nossa pior partida da temporada, compreendi que o Cruzeiro só espera 2018 chegar. E como o ano que vem é de Libertadores, não podemos nem pensar em deixar jogadores fracos no elenco. Claramente precisamos de um camisa 9 e de um lateral direito, com urgência. 

A verdade é que a torcida celeste não aguenta mais ver o time sem um fazedor de gols e um lateral que não apoia e nem sabe marcar. Ezequiel é atleta de time pequeno. A maioria dos gols que tomamos nos últimos jogos aconteceu no setor direito da nossa defesa. Não dá. Durante a gestão Gilvan, contratamos inúmeras peças que não agregaram em nada; Ezequiel e John Lennon são dois exemplos disso. No país, os clubes carecem de bons laterais, mas tentaria repatriar o lateral Jonathan, que atualmente veste a camisa do Atlético-PR. O jogador tem bom passe e faz gols ocasionalmente.

Mano Menezes ficou, exigiu reforços. A expectativa da nação azul é poder contar com um centroavante goleador na próxima temporada. Vimos Marcelo Ramos, Marcelo Moreno e tantos outros balançarem a rede com a camisa 9 do tradicional Cruzeiro. É estranho não possuirmos um goleador. Desfizemos de Ábila no decorrer de 2017 e ficamos sem nenhuma referência. Rafael Sóbis chegou, terminará o ano como artilheiro do clube, porém, deixou muito a desejar quando analisamos o custo-benefício. Pela América do Sul, os atacantes Marco Ruben (Rosario Central) e Jonathan Álvez (Barcelona-EQU) são os melhores da posição. Seria necessário trocar o esquema tático, entretanto, perdemos pontos preciosos no Brasileirão por não termos quem realmente sabe fazer gol.

Wagner Pires e os membros de sua diretoria vão analisar nomes para que O Maior de Minas consiga o tricampeonato da América, haja vista que as conquistas da Libertadores e do Mundial são os objetivos do novo presidente. Os pontos fracos celestes estão aí, para todo mundo ver. Só Mano não enxerga. O futebol é composto por detalhes, e são eles que definem o sucesso ou a tristeza de uma temporada.

17 comentários:

  1. Muda esse título ai!!! Pelo amor de Deus!!! :)

    ResponderExcluir
  2. Jonathan é chinelinho. Só fica machucado.

    ResponderExcluir
  3. Maior de minas 44 x 36 títulos mineiros. Então qual maior de minas? Agora títulos outros campeonatos e outra historia. Só p esclarecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkk títulos Mineiros kkkkkkkkkk (Atlético já está caminhando para fazer 110 anos e o Cruzeiro nem centenário fez ainda, e vocês só tem 8 títulos a mais? Kkkkk toma vergonha. Sou Penta rapaz

      Excluir
    2. Gente, o time de Lourdes sempre foi o protegidinho da imprensa e da FMF, perguntem aos mais antigos quem foi Cidinho BolaNossa e puxem conversa...os juízes não deixavam o Cruzeiro ganhar. Mas veio a construção do Mineirão, e a história mostra quem é o time que deu mais voltas olímpicas em Minas, aquele que as lourdinhas de vespaziano invejam...nunca serão!!!! CRUZEIRO, O MAIOR DE MINAS!!!

      Excluir
  4. Concordo,temos que ter bons nomes para suprir as deficiencias.Ano que vem promete muito,nao podemos baixar a guarda,afinal somos viciados em titulos.

    ResponderExcluir
  5. Contratar futebol objetivo,fato que não tem a mais de 01 ano.

    ResponderExcluir
  6. Nosso querido Cruzeiro está precisando da ousadia do Zezé Perrela para melhorar o time, se quiser ganhar títulos em 2018. Vou dar algumas sugestões.
    No gol, mantém Fábio e Rafael, e contrata Douglas (Avaí). Emprestar Lucão e Lucas França.
    Na lateral direita,trazer Jonathan (Atl-PR) e Rodinei (Fla). Emprestar Ezequiel e John Lennon.
    Para a zaga trazer de volta Fabrício Bruno (Corit). Manter Dedé (recuperado), Léo, Digão, Manoel e Murilo.
    Para a lateral esquerda, trazer Tiago Carleto. Tentar manter Diogo Barbosa e Bryan.
    De volantes, está bem provisionado. Somente trazer Bruno Silva (Bota). Manter Lucas Romero, Hudson, Henrique, Ariel Cabral e Nonoca.
    Armadores - trazer Neilton, contratar Felipe Gedoz (Atl-PR). Manter Tiago Neves.
    Atacantes - manter De Arrascaeta, Alisson, Rafinha.
    Atacante de área - trazer Léo Gamalho e André. Manter Sassá, Raniel e Jônata.

    Aí vai dar para fazer frente aos campeonatos a disputar em 2018. Fica minha sugestão.

    ResponderExcluir
  7. Uma correção, Fabrício Bruno (Chapec).

    ResponderExcluir
  8. Viúva do Abila. Que preguiça...

    ResponderExcluir
  9. uma coisa eu falo, se for pra contratar um atacante goleador tem que trazer um meia que aguente jogar em alto nivel os 90 minutos de uma partida. o thiago neves é um ótimo jogador mas as vezes parece morto em campo e erra muitos passes bobos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou admirador do TN,mas entendo sua posição.Que o melhor seja feito para o benfício do nosso amado time do coração.Nosso Cruzeiro é uma fonte inesgotável de satisfação para nós que temos bom gosto.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.