Header Ads


Cruzeiro precisa de transparência em suas finanças

Foto: Divulgação / Cruzeiro

Ultimamente, temos escutado muito a respeito do Cruzeiro ser acionado na FIFA por conta de dívidas na contratação de jogadores. Não vamos falar sobre a pertinência ou não das ações ajuizadas pelos clubes, porém, é algo que me preocupa bastante.
Só para exemplificar, fomos notificados nas contratações de Ramón Ábila, Rafael Sóbis, Kunty Caicedo, Denilson, dentre outras. Considerando, ainda, que o clube gastou muito dinheiro com contratação de jogadores medianos ou fracos, uma hora as finanças começam a apertar. Não dá para esquecer da contratação do atacante colombiano Riascos, no top 3 das piores contratações da história do Cruzeiro, que, além de não trazer nenhum retorno em termos de qualidade técnica, trouxe muita dor de cabeça quando foi embora. 
Ser campeão ou, pelo menos, estar próximo de conquistar títulos, é caro. Manter um time de futebol de qualidade depende de um bom planejamento e de uma boa gestão financeira, para que, no longo prazo, as dívidas do clube não aumentem demais. Para isso, é preciso saber escolher os investidores e parceiros financeiros, para não perder o controle.  A conta por contratações malfeitas e por dinheiro mal investido, eventualmente, chega. 
O que a torcida espera é que a diretoria (tanto a atual, quanto a próxima) seja transparente e se posicione sobre essas ações contra o Cruzeiro na justiça. Não pode ser como no caso do atacante Ábila, em que o presidente afirmava, em quase toda entrevista, que pagaria a dívida junto ao Huracán e, no final, o jogador acabou sendo vendido, já que o Cruzeiro não teve condições de mantê-lo. 
Ademais, para as negociações futuras, que haja uma análise criteriosa, que se verifique a real necessidade de contratação e que, principalmente, não contratem jogadores só pelo fato de ter sido indicado por algum empresário. A situação econômica do país já não é das mais adequadas para loucuras financeiras e acredito que seja possível montar um time de qualidade sem deixar o clube afundado em dívidas. A questão é saber como e onde gastar. Não queremos ter a fama de mal pagador no mercado e, acima de tudo, não precisamos de jogadores e dirigentes que não queiram honrar a instituição Cruzeiro Esporte Clube. 

19 comentários:

  1. Vc está coberto de razão. É impressionante o volume de erros de nossa diretoria. Como contratam mal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. O negócio é saber contratar. Alguns jogadores não tem condições de vestir o nosso manto

      Excluir
  2. Estamos vendo isso toda hora.
    É vergonhoso; é preocupante.
    Como a nova Diretoria poderá contratar se não tiver crédito?
    Como pode a nova Diretoria planejar um remanejamento da Toca II integrando a base, construindo novos espaços?
    Será que a situação está dentro de um controle?
    Só a transparência pode responder isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A diretoria precisa se posicionar. Muitos times brasileiros não estão em boa situação, mas contratar mal complica mais e perder credibilidade no mercado não é bom. Transparência é realmente importante

      Excluir
  3. Na verdade, o clube deve estar quebrado,portanto,não deveria contratar ninguém, e sim subir garotos da base, e seja o que Deus quiser.Equilibra as finanças durante um ano, e depois retoma as contratações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo em partes, pode fazer contratações, mas que sejam realmente pontuais, o caso do Riascos ninguem nunca entendeu. Como puderam contratar um jogador que meio mundo sabia que era péssimo por um rio de dinheiro. Alguem, alem do Riascos deve ter ganhado por isso, só pode. O caso de Denilson foi tambem estranho.

      Excluir
    2. Não sei se o clube está quebrado. Muitos clubes brasileiros atravessam situações complicadas financeiramente. Questão é saber contratar bem e sem cometer loucuras. E, quando digo cometer loucuras, não é contratar jogadores caros, tem que se analisar o custo-beneficio, mas sim contratar jogadores medianos por um longo tempo. Cruzeiro tem uma lista enorme de jogadores não aproveitados e com contratos longos. Muitas vezes por indicações de empresários. Na base, temos muitos jogadores cujo percentual de direitos econômicos não são do Cruzeiro mais ou só uma parte que são. Algo a se avaliar também

      Excluir
  4. também o Cruzeiro tem um goleiraço - Rafael que ganha 150mil/mes e quer continuar pagando 800mil/mes ao Fábio (que esta em fim de carreira) tem que "quebrar" mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei informar o salário dos jogadores, não tenho esse acesso, mas o Fábio, provavelmente, tem um dos maiores salários do clube, sim. É o jogador que mais vezes vestiu a camisa do Cruzeiro, está aqui há mais de 10 anos. Rafael é um grande goleiro também. Estamos bem servidos na posição.

      Excluir
  5. Os chamados dinossauros, são os principais vilões contra a saúde financeira dos times.
    Pra mim é inadmissível pagar-se um salário de 800 reais(acredito que seja isso) a um goleiro de fim de carreira, tendo seu substituto de qualidade no mínimo similar.
    Como se explica tanto gasto, além da quase não efetivação dos jogadores da base, que também constitui uma despesa considerável.
    Como se diz em inglês: 'go figure'.(vai entender...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o Cruzeiro aproveita razoavelmente os jogadores da base. No elenco deste ano, por exemplo, temos Rafael, Lucas França, Murilo, Arthur, Lucas Silva, Nonoca, Alisson, Elber, dentre outros. Alguns não são tão bem quistos pela torcida, como Elber. Negócio é que o Cruzeiro investe na base e depois negocia alguns jogadores com empresários e investidores. Quando Lucas Silva foi vendido, por exemplo, Gilvan chegou a afirmar que tínhamos apenas 10% dos direitos econômicos do jogador. Isso que é preocupante.

      Excluir
  6. Difícil entender essa enxurrada na FIFA
    sempre vimos os diregentes na TV pontuando sobre o equilíbrio financeiro do clube que "AQUI SE PAGA EM DIA", "AQUI NÃO SE faz LOUCURA POR JOGADOR".
    e agora?
    CADÊ A RENDA DOD MELHORES PUBLICOS DO BRASIL?
    CADÊ O DINHEIRO DO SOCIO-TORCEDOR?
    CADÊ O DINHEIRO DOS PATROCINADORES. ?
    sumiu o dinheiro ou caiu a ficha de loucuras feitas?
    QUANTO custa o salario de DELATORRE.?
    FABIO.?
    RAFAEL SOBIS?
    sassa..?
    ROBINHO..?
    RAFAEL MARQUES?
    Sera mesmo que não trm loucuras e ERROS ai?
    e quanto os dirigentes levam?
    Tenho comigo quê, CLUBE QUE GANHA TÍTULOS, tem mais e nao meNos dinheiro.
    de 2013 ate aqui o 2 BRASILEIROs, 1 COPA DO BRASIL,AFORA OUTROS e varias participaçoes em libertadores, copa Brasil, primeira liga,
    sei não?
    Melhor abrirmos o OLHO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita coisa nessa gestão do Gilvan não ficou bem explicada. Transparência não teve. A contratação do Latorre é um exemplo. O time ser bicampeão brasileiro e ficar sem patrocínio master por quase 1 temporada, como que se explica isso? Além de Valdir Barbosa, Benecy, Isaías Tinoco e Thiago Scuro com negociações estranhíssimas. Nem Alexandre Mattos fica de fora de contratações bem ruins e que estão nos onerando até hoje.

      Excluir
  7. Comentário correto e oportuno. Vicintin, Scuro e Gilvan fizeram loucuras que agora transparecem. Ninguém engana todos a todo o tempo. A nova diretoria parece ir para o mesmo caminho ao renovar com Mano, Comissão Técnica e Fábio dando polpudos aumentos. A presença na LA rende receitas consideráveis se conseguirmos ir passando de fases e isto não é certeza. Além disso, o Mano não vai deixar o Sóbis, que não joga nada do nada e está 32 anos ser vendido. Outro absurdo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não só essa ultima diretoria, mas muitas fizeram também. Vale lembrar de Valdir Barbosa, Benecy, Isaías Tinoco, Thiago Scuro. Em todas, algumas negociações não foram boas. A do Abila é um exemplo recente. O clube precisa aproveitar essa participação na Libertadores para conseguir mais receitas com marketing, premiações, patrocinadores, cotas de TV. A marca do clube é gigante e rentável.

      Excluir
  8. O TIME BI CAMPEÃO DE 2013/2014 NÃO CUSTOU NENHUMA FÁBULA E ALGUNS FORAM VENDIDOS POR UMA GRANA PRETA, FORA O IMPULSO NAS RENDAS E NO SÓCIO TORCEDOR. EMBORA A ATUAL DIRETORIA ATRIBUA O DESCALABRO FINANCEIRO COMO SE FOSSE O PREÇO A PAGAR PELO BI, É POR DEMAIS EVIDENTE QUE A CAUSA REAL FORAM AS PÉSSIMAS CONTRATAÇÕES DE 2015/16 E 17, QUE ONERARAM O CLUBE E NÃO TROUXERAM, A NÃO SER A CB, CONQUISTAS, MUITO AO CONTRÁRIO QUASE LEVARAM O CLUBE AO REBAIXAMENTO. NEGÓCIOS COMO US$ 5 MILHÕES PELO SÓBIS COM 31 ANOS E AGORA VENDÊ-LO POR US$2 MILHÕES, US$ 5 MILHÕES POR 50% DE UM BONDE COMO ÁBILA, US$ 3 MILHÕES POR 8O% DO GAROTO URUGUAIO LATORRE, QUE NEM NA BASE SE FIRMOU E SEM CITAR RIASCOS E CAICEDO POR US$ 5 MILHÕES OS 2, DÃO BEM A NOÇÃO DO DELÍRIO DESSA DIRETORIA. SE CONTINUAR ASSIM, NEM COM DESCOBERTA MINA DE OURO NO BARRO PRETO O CLUBE SE LEVANTA. EM QUE PESE TERMOS GANHO 3 TÍTULOS NACIONAIS, DEIXARAM AS FINANÇAS ARRASADAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O time bicampeão custou um bom dinheiro, acredito eu. Muitos jogadores contratados oneram os cofres do clube até hoje. Talvez não lembremos disso, já que alguns deles nem jogaram efetivamente. Outros jogaram pouco, como Júlio Baptista. E, conforme divulgado, o Cruzeiro ainda deve dinheiro pela compra do William. Mas não estamos em terra arrasada, acredito que a nova diretoria tenha condições de acertar essas pendências, mas o que falta é ir a público e mandar a realidade para a torcida.

      Excluir
  9. Essa dívida vai ser resolvida e os troféus do BI e do penta vão ficar quietinhos la na toca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esperamos que se resolva e que nos apresentem a real situação. A torcida quer saber.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.