Header Ads


Derrota no clássico, três pontos perdidos

Washington Alves / Light Press/Cruzeiro


Cruzeiro perde clássico no Mineirão para o Atlético, o que muda agora?

Acho que nada. Afinal são três pontos que irão valer o mesmo na próxima partida, lamento os pontos perdidos e por ter voltado pra quinta posição na tabela. Já para o nosso adversário, valeu mais que três pontos. E tem todo o motivo pra comemoração, venceram o pentacampeão da Copa do Brasil, uma vitória que serviu pra salvar sua campanha no campeonato brasileiro que não é das melhores.

Brincadeiras à parte, não posso deixar de dar as broncas desse jogo à quem merece. Saímos derrotados, mas não fizemos uma partida coletivamente tão ruim e nem o Atlético fez o jogo do ano. Cruzeiro fez um bom primeiro tempo. Novamente acabamos pagando no final por chances de gol perdidas. A principal delas com Alisson, o que mudaria a história do jogo, até ali, seria 2 a 0. Não pode perder um gol desses Alisson! 

Outro que merece a bronca é o capitão Henrique que estava marcando o Robinho na hora do chute, sabendo que o atacante é destro, você não pode deixar ele abrir pra direita e chutar. Lance que começou numa cochilada do Élber, que deixou o Fábio Santos tomar a sua frente e iniciar a jogada do gol.

Como se não bastasse ter cometido o erro uma vez, após 15 minutos, acontece o replay do segundo gol. Parece até que tomamos o mesmo gol duas vezes. Dessa vez quem estava na marcação do Robinho, era o lateral Ezequiel, que sinceramente, pra 2018 não dá ! Precisamos de um lateral direito urgente, Ezequiel é fraquíssimo. A jogada já estava toda desenhada, e o atacante atleticano já tinha feito uma vez, mas mesmo assim, o lateral cruzeirense foi inocente e deixou com que Robinho cortasse pra direita abrindo espaço pra chutar, colocado na gaveta, golaço.

Enfim, já foi, bola pra frente que o campeonato não acabou, não aconteceu nada que irá nos abalar. Continuamos firme no campeonato, vale lembrar que já estamos classificados direto pra fase de grupos da libertadores de 2018, infelizmente, chances de título são quase zero, mas acredito que vamos subir mais um pouco ainda na tabela. 

Pena que o próximo clássico é só ano que vem, pois não vejo a hora de vencer o Atlético de novo, até então, espero que o Cruzeiro não nos apronte outra dessas.

13 comentários:

  1. O Cruzeiro entregou o jogo, como já sabíamos que o faria. Bom, pelo menos foi de 6. Acho legal ajudar o nosso irmãozinho. Só não vale é chamar isso de clássico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, um rival que tem muitas vitórias a menos, perdeu todas os mata matas a nível nacional, que tem uma torcidinha fraca que só vai na boa. Realmente, não é atoa que muito atleticano considera clássico enfrentar o Flamengo a mariada. Senta e chora maria.

      Excluir
    2. Tá falando do que? Vocês com sua torcidinha mediocre que não conseguem encher nem o estadinho do independência vem falar de torcida dos outros! Presta atenção cara! Senta em cima do rabo para pensar antes de dizer asneiras. Olha os títulos que um tem e os que o outro tem. Vê a diferença de tempo de fundação de um e do outro. Há, não se esqueça de levar em conta a vergonha de gter caído para a série B. Tá legal! Abraços!

      Excluir
    3. Rival??? Quais títulos têm? Só aqueles 3???? Rival das frangas é Bahia, o outro Atlético, Coritiba, Guarani e o similar a elas, o Bostafogo!

      Excluir
    4. Rival??? Quais títulos têm? Só aqueles 3???? Rival das frangas é Bahia, o outro Atlético, Coritiba, Guarani e o similar a elas, o Bostafogo!

      Excluir
  2. Quem perdeu o jogo foi o Mano Meneses que mais uma vez desmontou o time no segundo segundo tempo. Trocar Alisson por Elber é brincadeira. Sóbis mais uma vez não acrescentou nada. O Ezequiel é muito fraco para jogar no Cruzeiro. E falta centro avante ... mas o sabe-tudo não se emenda né ...

    ResponderExcluir
  3. alisson e elber não precisam jogar mais no CRUZEIRO. chega de tanta promessa não cumprida. fora, vão para a chapecoense, o oeste, ou o boa. alisson não pode perder um gol daquele mas nós podemos perder ele. vai embora chega de enganar. henrique tb está velho ,vai jogar de cadeira de rodas????vai embora tb.

    ResponderExcluir
  4. Gustavo, tenha mais humildade ao escrever até porque você o faz para um grande portal, EM. Dizer que "domingo é dia da freguesia", que "derrota seria zebra", ...
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  5. Pessoal, sejamos honestos: do meio-campo pra frente, precisamos mudar 100%!!! As jogadas do Alyson, Rafael Sóbis, Élber, Thiago Neves, já estão manjadas há muito tempo! Ganhamos a CB por ser mata-mata, mas se não reforçarmos o ataque, não passaremos da primeira fase da Liberta 2018!!!

    ResponderExcluir
  6. O clássico se decide em detalhes. Helber errou no segundo gol do Atlético? Sim, infelizmente. Diogo errou no primeiro? Sim, chegou atrasado na marcação do Otero. Agora, os dois gols de Robinho aconteceram porque? Mano tirou Rafinha, que era quem cobria o fraco Ezequiel. Tanto que Osvaldo Oliveira, experiente que é, notou o erro e colocou Robinho prá cima dele, colocando o Cazares descansado para chamar a atenção dos volantes. Matou o Cruzeiro nessa. Espero que fique a lição e que a nova diretoria faça as contratações necessárias para suprir nossas deficiências para 2018.

    ResponderExcluir
  7. Nada, não muda nada.... o mesmo freguês de sempre, a mesma derrota de sempre e as mesmas desculpas de sempre......

    ResponderExcluir
  8. Tá legal.. Perdeu de novo. Na minha opinião os jogadores tinham sempre de jogar pra vencer. Veja a situação atual.. 2 derrotas seguidas. 6 pontos que poderiam deixar até esperança de titulo. O Curintia perdeu de novo. seriam 6 e não 12 pontos de diferença. O problema é que o time não tem ataque (centroavante bom manda embora - só fica o Rafael Sobra e o Rafael Maerda). A bola na area caia na defesa deles. Ninguem pra finalizar.. Mano pra 2018 foi uma furada.. Preferia outro mais ousado.

    ResponderExcluir
  9. Cruzeiro é a Bruna Surfistinha do Galo. Estávamos há 40 anos sem título nacional. Em quem tiramos o atraso?? Disputamos cinco campeonatos em 2017. Só ganhamos quando pegamos nossa surfistinha na final. Não vencemos nenhum time nos dois turnos. Só vencemos nossa surfistinha. Chegamos a vítória 202 contra as marias, uma diferença de quase 40 vitórias a mais. isso não é clássico, é estupro " gang bang".

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.