Header Ads


Cruzeiro pentacampeão! O Rei de Copas está de volta!

Pedro Martins I MoWaPress

Os 61 mil presentes, recorde de público do Mineirão, fizeram uma festa inesquecível. Os escudos, bandeirões e faixas azuis demonstravam toda a confiança que temos no nosso time. Não dava para perder. Acabamos com a história de que não conseguimos decidir jogos como mandante. Indubitavelmente conquistamos, ontem, a mais emocionante de todas as cinco Copas do Brasil que possuímos. Aliás, a mais bonita estrela dessa constelação azul chamada Cruzeiro. 

Pela campanha espetacular que fizemos, o título é incontestável. Nossos guerreiros lutaram bravamente para que escrevêssemos novas páginas heroicas e imortais, como manda o nosso hino; configurando, assim, um livro inteiro de conquistas e marcas que só um cruzeirense pode sentir. O Mineirão estremeceu. Nossa torcida repetiu a forte cantoria do primeiro jogo da decisão e os jogadores assimilaram essa energia favorável. Tornamo-nos agora o segundo clube brasileiro com mais títulos nacionais. 

Além disso, Fábio acelerou milhares de corações ao defender o pênalti de Diego. Ali, sentimos que o pentacampeonato estava por vir. Coube a Thiago Neves, mais uma vez, decidir e pintar o Brasil de azul. Mesmo que por linhas tortas e com sofrimento em demasia, o orgulho de ser cruzeirense pulsou ainda mais forte. Pós-jogo, a torcida assistiu aos ídolos celestes Léo e Henrique erguerem a brilhante taça no Mineirão. A torcida rubro-negra já havia ido embora. Ficamos só nós: jogadores e torcedores. E como foi bonito!

Contrariamos a imprensa e fomos campeões. O envolvimento do clube com os torcedores aconteceu de forma tão espontânea e recíproca que o título provém de uma relação de amor intensa. Nunca pensamos em desistir. Ao passo que avançávamos, a confiança crescia e o pentacampeonato se encaminhava. 

Somos pentacampeões da Copa do Brasil. Tinha que ser assim: na raça, eliminando todos os fortes concorrentes, vencendo nos pênaltis. O Cruzeiro ficou calejado pelas diversas batalhas que teve que superar durante toda essa competição, que vive um casamento eterno com nosso time. O verdadeiro Rei de Copas está de volta! E de praxe estamos garantidos na Libertadores do ano que vem. Tradição é só para quem tem, literalmente.



4 comentários:

  1. Nunca que foi a mais emocionante. 2000 foi inesquecível.

    ResponderExcluir
  2. Temos que contratar para a Libertadores ano que vem.Manter o elenco forte e não desmanchar como foi na última Libertadores . Esse Penta foi merecido sim.A Camisa do Maior de Minas é Pesada.Parabéns Cruzeiro. Mais respeito Imprensa Mineira Soberba. Torcedor do Cruzeiro não é iludido .

    ResponderExcluir
  3. Troféu merecido,time,comissão técnica,diretoria e torcida.Estamos ficando cada vez mais viciados,ano que vem queremos mais kkkkk!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.