Header Ads


Henrique revela conversa com atletas de outros times para que última rodada seja cancelada


Depois ter suspensas a atividade na última terça-feira, em luto pelo acidente aéreo que matou 71 pessoas, dentre elas jornalistas, dirigentes, comissão técnica e jogadores da Chapecoense, o Cruzeiro retomou as atividades na manhã desta quarta-feira. Capitão da equipe na ausência do goleiro Fábio, o volante Henrique foi o porta-voz da equipe celeste sobre a tragédia. 

Ele revelou que os jogadores de todas as equipes que disputam o Brasileirão estão conversando sobre a possibilidade de que a última rodada da competição seja cancelada.

"Nós falamos com jogadores de outros clubes sobre não haver a última rodada. Não sei no que isso impactaria futuramente. Mas nesse momento é o que pensamos, pelo sentimento de hoje. Todos os clubes estão com o mesmo sentimento. É muita tristeza. É muito difícil jogar com a cabeça 100% voltada para o jogo. Abala e mexe com a gente", revelou o volante cruzeirense.

O capitão da Raposa falou sobre o sentimento da equipe após a tragédia com os colegas de profissão. "Em nome do Cruzeiro, quero dizer que estamos muito sentidos e abalados, cada um da sua forma. Ninguém esperava isso, ainda mais num clube que vivia seu melhor momento. Companheiros nossos de trabalho, muitos que estiveram conosco, muitos jornalistas, massagista, roupeiro, segurança. Estamos abalados e damos força com nossas palavras para a família de todos os envolvidos", declarou o jogador.

A morte de quase toda uma delegação de futebol em uma acidente aéreo acende vários alertas nas mentes de todos jogadores. Já que, times de futebol realizam diversas viagens para disputar partidas durante cada temporada. 

"Quando vamos pra uma viagem, o pessoal se precave para que a viagem seja a mais segura possível. A gente não pode vir aqui procurar os culpados. Depois vamos saber qual o real motivo que levou a isso. Claro que todos ficam preocupados e querem que as viagens ocorram da melhor maneira possível. A gente vive essa rotina intensamente. É muito difícil ir para uma partida, entrar no ônibus, no avião. Tudo vai trazer a lembrança daquele momento", analisou Henrique.

Para finalizar, Henrique conta o que se pode tirar de uma tragédia como essa. "A reflexão que fica é que ás vezes fazemos planos e não acontecem da forma que a gente imagina. É viver intensamente o hoje, o agora, tem muita fé e buscar a Deus. O amanhã só pertence a Deus", completou.

Após o acidente com a Chapecoense a CBF anunciou o adiamento da última rodada do Campeonato Brasileiro, prevista para o próximo domingo, dia 3, para o dia 11 de dezembro. O último jogo do Cruzeiro é contra o Corinthians, no Mineirão.

Fonte: Superesportes
Tecnologia do Blogger.