Cruzeiro e Sampaio Corrêa empatam em jogo sem emoção

 


   Cruzeiro e Sampaio Corrêa se enfrentaram na noite da última quinta-feira, dia 18 de novembro no estádio do Castelão. A partida que começou com gol do SAM aos 7 minutos do primeiro tempo e terminou em empate e um jogo marcado pela falta de emoção.


Fique por dentro de todas as novidades do universo esportivo acessando a Bet-Codigo-Promocional.com faça suas melhores apostas e obtenha as melhores orientações sobre o mundo futebolístico!


     O Cruzeiro entrou em campo com Fábio, Rômulo, Léo Santos, E. Brock, Jean Victor, Adriano, L Ventura, Giovanni, Claudinho e Felipe Augusto, todos os titulares e reservas vestindo uma camisa com a frase #RISQUEoRACISMO. O motivo da manifestação é o julgamento que se aproxima por conta de um caso de injúria racial ocorrido na partida contra o Remo. 


O Sampaio Corrêa se apresentou com a seguinte escalação: Luiz Daniel, Maurício, Allan Godoi, Nilson Jr, Éder Lima, Betinho, Ferreira, Léo Artur, Roney, Pimentinha e Jackson. Um detalhe importante nesse jogo foram os desfalques no ataque cruzeirense que não pode contar com Marcelo Moreno, Vitor Leque, Wellington, Nem, Bruno José e Keké.


     Após o apito inicial, com apenas 7 minutos, o primeiro gol da noite foi feito por Maurício a favor do Sampaio Corrêa. Em uma jogada pela lateral esquerda, Roney tocou para trás e Maurício acertou o gol de Fábio sem chance de defesa. E todo o primeiro tempo foi basicamente dominado pelo SAM, enquanto os celestes chegavam pouco ao ataque levando pouco risco ao gol adversário. A reação cruzeirense começou mais ou menos aos 20 minutos, onde o time passou a finalizar mais e criar jogadas, ganhar mais bolas e alcançar o campo de ataque com mais trocas de passes. Aos 40 do primeiro tempo, Léo Santos aproveitou a bola lançada por Rômulo na lateral e empatou o placar. Tudo igual em 1 a 1.


     No segundo tempo o cruzeiro retornou ao campo sem a camisa do #RisqueoRacismo. Uniforme padrão com os patrocinadores para dar continuidade a segunda metade do jogo que foi marcada pelas trocas e cartões distribuídos pelo arbitro. Ou seja, um segundo tempo marcado pela falta de ação. A sensação passada era que o empate estaria de bom tamanho, e assim foi finalizada a partida com o placar de 1 a 1.


     As duas equipes retornam aos campos no próximo domingo às 16h (pelo horário de Brasília). O Sampaio Corrêa terá seu último confronto pela série B contra o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis. O Cruzeiro receberá o Náutico em casa.


     E como fica a tabela de classificação? Com o empate as duas equipes somam 1 ponto e seguem no meio da tabela. Cruzeiro na décima primeira posição com 47 pontos, e o SAM, seu adversário direto, encontra-se na décima posição com os mesmos 47.  O desempate fica por conta da quantidade de vitórias onde o Sampaio Corrêa venceu 12 vezes e o azulão 10.


     A Expectativa para as próximas disputas é que as equipes chegam com mais empenho para fechar a rodada e quem sabe terminar o campeonato em uma posição melhor da tabela.

2 comentários:

  1. Dois times do mesmo nível, resultado normal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anormal, e desonesto, foi terem os dois times (eu disse time???) combinado a manutenção do empate no segundo tempo, como bem disse o Luxa nas entrelinhas da entrevista dada por ele ao final do jogo. Mais uma atitude vergonhosa da diretoria do Bbbruzeiro, mas ao que parece tal desonestidade não trouxe nenhum incômodo ao blogueiro e, sobretudo, à imprensa medíocre do nosso estado.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.