"Vivendo realidade paralela": atitudes do presidente colocam em xeque sua capacidade de permanecer no cargo

 

Enquanto clube sangra, Sérgio está palestrando no exterior (Foto: Gustavo Aleixo / Cruzeiro)

    

    A grave crise financeira pela qual o Cruzeiro passa ganhou mais um episódio dramático nesta semana. Atletas do elenco profissional e das categorias de base decidiram paralisar suas atividades em decorrência do não pagamento dos salários pelo clube celeste aos jogadores e aos funcionários. Apesar das exigências de Vanderlei Luxemburgo, a Raposa continua dependendo quase que exclusivamente do mecenas Pedro Lourenço para conseguir honrar com os vencimentos de todo o pessoal que trabalha para o Cruzeiro.


    Enquanto isso, o presidente Sérgio Santos Rodrigues está em Portugal oferecendo palestras sobre gestão do futebol, por mais irônico que isso possa parecer. Um dos piores gestores do futebol de toda a história do Cruzeiro Esporte Clube está neste momento no exterior falando sobre como administrar bem uma instituição desportiva enquanto o clube que ele mesmo gere está em ruínas.


    A “gestão moderna” encabeçada por Sérgio Rodrigues teve início há pouco mais de um ano e, nesse período, a pasta do futebol tornou-se um verdadeiro caos. Precisando, com urgência, de retornar à Série A, o Cruzeiro de SSR já teve SEIS treinadores e QUATRO diretores de futebol. A cada troca, o clube precisou contratar e se desfazer de diversos jogadores, o que gerou ainda mais processos e dívidas trabalhistas, agravando a crise financeira que assola a Toca da Raposa.


    Não bastasse a incompetência no futebol, Sérgio sempre bateu de frente com a torcida, tecendo críticas e agressões aos adeptos da Raposa e contrariando as vontades e sugestões do torcedor. E toda vez que SSR bateu o pé e foi contra a torcida, seus planos deram errado. Tudo isso gerou mais problemas de relacionamento entre o presidente e os empresários que têm ajudado o Clube nesse difícil momento. Pedro Lourenço, por exemplo, já rompeu com a atual diretoria em alguns momentos, justamente pela inflexibilidade da gestão centralizadora de Sérgio.


    Da Europa, o presidente do Cruzeiro não se manifestou sobre a paralisação dos atletas, mas achou razoável dizer que não vê nenhum problema em estar longe do clube nesse momento. Para ele, as coisas vão indo bem, embora seu clube não consiga atingir e nem permanecer na primeira página da tabela de classificação da segunda divisão nacional. Como se vê, Sérgio está vivendo numa realidade paralela e absolutamente nada que aconteça parece ser capaz de abalar seu ego pessoal e profissional.


    No ano do centenário, o torcedor cruzeirense parece nem se lembrar mais dessa data tão importante que deveria ser explorada da melhor maneira possível para atrair investimentos, adesões ao programa de sócio-torcedor, vendas de materiais e fazer um grande pacto em prol do retorno à primeira divisão. No entanto, o que vimos foi o apequenamento do Cruzeiro, o apagamento do centenário, o isolamento da torcida e o aprofundamento da crise. Jamais imaginamos um centenário tão deprimente e desolador.


    Diante dessa situação inacreditável, a torcida começa a fazer pressão ao Conselho Deliberativo por um processo de impeachment do presidente do Cruzeiro e talvez o melhor momento seja agora. Sem capacidade de gerir o futebol desde quando assumiu o clube, o melhor mesmo seria o afastamento de Sérgio diante de sua total insensibilidade e irracionalidade frente à administração de um dos maiores clubes de futebol do Brasil que, na sua gestão, passou a ser chacota mundial.


    O Cruzeiro sangra: funcionários, atletas, torcida. Mas o Cruzeiro é grande e não pode ficar nas mãos de um incompetente desvairado. Alguma coisa precisa acontecer. E é pra ontem.

17 comentários:

  1. De uma coisa eu não abro mão: o sagrado DIREITO do Sr. Sérgio Santos Rodrigues concorrer a um novo mandato como presidente do Cruzeiro. Caso consiga, e eu espero que ele consiga, ele poderá colocar em prática todos os procedimentos de gestão dos quais ele é, além de especialista, um palestrante internacional. Portanto, fique firme presidente, pois a Massa está muito satisfeita com o seu desempenho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também penso assim Teobaldo. O que está dando certo não pode mudar.

      Excluir
    2. Não pode mudar, mas pode melhorar. E para conseguir tal objetivo contamos com as voltas do Serginho, do Vagner e do Itair. Aí, sim, será só alegria!

      Excluir
    3. CONTINUE PRESIDENTE, VC É O MELHOR DO bRASIL, SE SAIR O CRUZEIRO VAI PRA SERIE d, BATA O PÉ, JAMAIS SAIA DO CABULOSO, A MASSA CRUZEIRENSE NÃO PODE FICAR SEM A SUA GESTÃO.

      Excluir
    4. Esse Teobaldo deve gostar é de tomar no TOBAldo dele. Franguinha viadinha cor de rosa.

      Excluir
    5. Afonso Lemos, vamos brincar com os adversários, mas sempre mantendo as relações de respeito e cordialidade. Por esse tipo de grosseria o portal SUPERESPORTES já bloqueou os comentários. Vamos ser inteligentes e saber usar a liberdade de expressão que nos é concedida. Abraços!

      Excluir
  2. Cruzeiro está a um passo do futebol amador , destruiram o clube , fato

    ResponderExcluir
  3. Não ofenda o futebol amador assim!!

    ResponderExcluir
  4. Aonde estão as TOs para buscarem o presidente em Confins? Carregá-lo no colo e o conduzirem direto para a sala de troféus, para assinar sua renúncia. Outra situação lamentável são alguns veículos de comunicação que já não escondem mais a alegria de verem o Cruzeiro na lama. Pelo contrário, só jogam mais merda no ventilador. A Globo Minas é um exemplo: passou uma reportagem na última segunda-feira acerca de bolsa de valores, sugerindo que se o Cruzeiro vendesse ações no momento elas não teriam nenhum valor. E quais seriam os valores das ações da Globo, que nem dinheiro para comprar a Libertadores teve? Aliás, nem o mineiro vai transmitir. Daqui há pouco estarão transmitindo o amador. Ai estaremos juntos lá, o Cruzeiro e o Jaime Junior Rogério Correia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos mais valorosos que o rival. Totalizamos uma torcida e meia deles. O investidor que não levar isso em conta fará mal negócio. Simples assim.

      Excluir
  5. O Cruzeiro acabou Gilvan canalha, Cachaça ladrão, e Sérgio idiota são os culpados.

    ResponderExcluir
  6. Precisamos dar um voto de confiança. Esta viagem demonstra que ele está atrás de uma solução, imaginem só quanta articulação e negociação não rola em paralelo em eventos como este que ele está. Precisa evoluir? Muito! Mas trocar de diretor nessa altura do campeonato só vai piorar. Vamos deixar ele aplicar os conhecimentos que ele ouvir de outros gestores em Portugal e aplicar aqui. Com o tempo os frutos do trabalho vão aparecer, igual estão aparecendo. Subimos na tabela, ganhamos posições e o time está crescendo. Fábio renovou e para 2022 temos um projeto bacana. Mar calmo não faz capitão, águas turbulentas formam líderes e é isso que estamos vendo nesse time hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só uma pequena correção: Não é projeto; é pocheto!

      Excluir
  7. O mais engraçado nisso é que foram portugueses que contrataram o palestrante. Dá até pra fazer mais uma piada de português. Coitado desse presidente. Não agrega, não resolve pois não tem dinheiro e fica no barco, comandando o que se depender dele afunda. A melhor carta na manga do Sérgio é sua saída pela porta da frente. Sem dinheiro não tem almoço fora e nem passeio. Sem recursos o Cruzeiro não subirá e não fará bons campeonatos. Se o Presidente insistir em continuar no comando o buraco vai aumentare o Cruzeiro será mais enterrado ainda.
    Acho que com urgência o Cruzeiro tem que se transformar em empresa e deixar pra trás esses tempos atuais. Quando isso acontecer, cartolas e Conselheiros deslumbrados sumirão e largarão a teta. Vamos Cruzeiro, vamos colocar essas raças inúteis para fora do Clube. Viraremos empresa e seremos 1 vez e meia o time da franga.

    ResponderExcluir
  8. Um clube tão gigante e cabuloso precisa de um presidente que pense grande (ou viva em outro plante, rsrsrsrs) SSR está a altura!!!!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.