Header Ads


Eu acredito é no Hepta! Vou festejar!

Reprodução/Cruzeiro

O futebol, ainda que seja extremamente imprevisível, tem mostrado cada vez mais que as camisas pesadas no futebol ocupam um lugar de destaque e, acima do respeito, a tradição costuma falar mais alto. Por aqui, nos gramados de Minas Gerais, é evidente que o Cruzeiro carrega os incontáveis títulos por meio de inúmeras páginas heroicas e imortais que perduram por serem escritas! Nesta quarta de clássico, escrevemos mais uma! Em pouquíssimas oportunidades, perdemos e comemoramos. Dessa vez, vamos e precisamos aproveitar!!

Como o cruzeirense merecia a semifinal!! No momento da maior crise da história do clube, em meio a tanta tristeza, insegurança e medo, a Nação Azul abraçou o time como sempre fez e entendeu ainda mais o seu verdadeiro papel: é impossível uma instituição tão grandiosa seguir vencendo e superando obstáculos sem a paixão do torcedor que dá a vida na arquibancada!! Chora, grita, abraça quem está do lado. É uma família de milhões de azuis estrelados! 90 minutos traduzem os mais variados sentimentos, mas só quem ama, de verdade, entende. Ser Cruzeiro é vocação!

O mundo da bola não parece ser tão compreensível assim. Não é uma ciência exata. Aliás, nunca foi. Então, por que tanto sofrimento? Me pergunto a cada embate decisivo. O fato é que os números são impressionantes e acompanham um trabalho também digno de aplausos. O sistema tático pode não ser, nem de longe, o mais prazeroso de assistir (e como tenho batido nessa tecla), mas, inegavelmente, dá resultado! O Cruzeiro, além de ser o maior campeão da Copa do Brasil, não sabe o que é ser eliminado por um time brasileiro há mais de dois anos!! Para ampliar o brilho, são quatro semifinais consecutivas no torneio! 

Ufa! O Cruzeiro está entre os quatro mais competentes para ter a bonita chance de colorir o Brasil de azul e com grande possibilidade de arrancar o som do hepta e do tri em sequência. Respire, torcedor! Um momento de paz. Essa camisa é pesada demais, tem que respeitar! Uns apenas acreditam, nós confirmamos a vaga! Que venha o Internacional!

5 comentários:

  1. Tão combatido, jamais vencido!

    ResponderExcluir
  2. A hora é a mais apropriada para efetivar o Expressinho no Campeonato Brasileiro.
    O time titular não vai aguentar o tranco de tantos jogos seguidos, e o resultado serão mais derrotas.
    Momento perfeito para dar "rodagem" a Rafael, Weverton, Fabrício Bruno, Maurício, Edu, Vinícius Popó, Dodô, Jadson e tantos outros. Quem sabe daí não sai um time novo, barato e bom de bola para enfrentar 2020 - ou alguém acha que os medalhões vão querer ficar por aqui no meio dessa encrenca toda e correndo o risco de salários atrasados ?
    Quem sabe dessa leva também não sai uma ou duas vendas para a Europa, aliviando os cofres do clube ?
    Fico imaginando quando o Cruzeiro vai montar um time como o da década de 60, que deu moral aos desconhecidos Tostão, Dirceu Lopes, Piazza, Raul e encantou o estado e o país...

    ResponderExcluir
  3. Se o pão parar de cair com o lado da manteiga para baixo, chegaremos ao hepta!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.