Header Ads


O sonho do Hexa do Cruzeiro continua vivo, nas mãos do goleiro Fábio

Foto: Divulgação /  Mineirão

Não há dúvidas: Fábio foi o grande herói do Mineirão nesta noite de quarta-feira.

Primeiro, falemos sobre como o Cruzeiro precisou, mais uma vez, da segurança de seu goleiro em um jogo de Copa do Brasil.

O jogo se desenhava tranquilo para o nosso time, principalmente após o gol de Thiago Neves, logo no início do confronto. Do outro lado, o time santista apostava na movimentação de seu quarteto ofensivo, mas sem levar tanto perigo à meta celeste.

No entanto, o Cruzeiro cansou de perder gols, daqueles em cima da linha, dois lances de bola na trave, muitas oportunidades para matar o jogo. Então, entrou a máxima do quem não faz, leva. Dito e feito. Em dois lances de desatenção, o time da Vila Belmiro chegou à virada, por 2x1, levando o confronto para a decisão de pênaltis.

Ainda dava tempo para um lance polêmico, no qual o juiz encerrou a partida em um contra-ataque perigoso do Santos. Porém, o lance que originou o ataque santista surgiu em uma falta não marcada a favor do Cruzeiro. Com ou sem VAR, a arbitragem da CBF continua fraquíssima.

As 50 mil pessoas presentes no estádio estavam incrédulas; nem o mais pessimista imaginava uma derrota no jogo de hoje, quanto mais uma disputa de pênaltis.

Ainda assim, poucos também esperavam o inacreditável que aconteceria logo depois. 3x0 Cruzeiro. Sério, nunca tinha presenciado algo deste tipo. O goleiro Fábio defendeu todas as 3 cobranças do Santos, enquanto Lucas Silva, Raniel e David marcaram os gols celestes.

Só uma palavra para definir: histórico. Daqueles feitos que contaremos para os nossos filhos, com todo orgulho no peito de ser Cruzeiro.

No final das contas, será mais um jogo que ficará marcado em nossa memória por muito tempo. Se o Hexa vier, essas defesas do nosso camisa 1 serão eternizadas em uma caminhada difícil. Não precisava do sufoco hoje, mas ele veio. Faltou competência ao time azul para matar o jogo quando teve chance. O Cruzeiro não soube administrar a vantagem e tornou o jogo desnecessariamente perigoso.

Além disso, alguns jogadores sentiram a sequência pesada de jogos e acusaram o cansaço no segundo tempo. Os gols sofridos hoje aconteceram por erros de passe e por marcação frouxa nos lances decisivos. Em jogos de mata-mata, isso pode ser fatal. E quase aconteceu, não fosse pelo melhor goleiro do Brasil.

Agora é hora de aprender com os erros de hoje, que não podem se repetir, principalmente, no jogo contra o Flamengo.

E, o mais importante: vamos comemorar, e muito, torcedor cruzeirense! Deixem que digam, que pensem, que falem, mas estamos classificados para a Semifinal da Copa do Brasil. Mais 4 jogos, pelo Hexa.

Para cima deles, Cruzeiro.

13 comentários:

  1. Cansaço? Eles foram poupados para descansar. Não entendo isso. Para mim, este Mano continua sendo um técnico mediano. Que esquema tático foi aquele? Com um elenco de muito bom nível, o suficiente para ter dois times disputando o Nacional, poupando jogadores e ainda perde no Mineirão, com casa cheia, para o Santos? Ah,sim. O Santo Fabio nos salvou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foram poupados em tese, né? Pq aluguns entraram no decorrer do jogo de domingo contra o Flamengo. Não sou grande fã do Mano também, mas ontem o jogo estava todo a nosso favor, foram muitas chances criadas e desperdiçadas. Não dá para culpá-lo por tudo.
      A parte do santo, eu deixo pro outro lado da lagoa.

      Excluir
  2. Não precisávamos passar por aquele sufoco.segundo tempo o time ficou preso no meio campo.nao tem um contra ataque rápido. Ainda bem ki temos Fábio porque senas a vaca tinha ido pro brejo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo. Não precisavamos mesmo. Era um jogo controlado e o Cruzeiro vacilou, deu chance pro adversário. Fábio nos salvou, realmente.

      Excluir
  3. Enquanto tivermos Henrique no meio de campo vai ser isso. Jogar com um a menos sempre. O cara não marca, não dá combate, nada faz. Fica somente girando igual uma barata tonta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu colocaria Lucas Romero de titular neste time. Melhora muito a marcação no meio de campo. Mas...

      Excluir
    2. Concordo plenamente. Henrique é um tremendo cerca lourenço. Corre atrás do adversário o tempo todo. No gol do Gabriel ele estava lá. Como sempre atrás do adversário. E o Arrascaeta, a velha sina de semre. Faz um jogo brilhante e dois... três de baixa qualidade. Tomara que contra o Flamengo ele já tenha cumprido os três jogos ruins.

      Excluir
  4. Henrique pode ter os méritos dele por jogar mais de 400 pelo Cruzeiro, mas sempre achei muito frouxo na marcação e isso em algumas situações fica mais latente. O Cruzeiro com um elenco cascudo porém envelhecido e que em determinados momentos pesa. Nos falta opções de velocidade, que queira quer não a saída do Alisson por pior que fosse pesou, ele era um desafogo no segundo tempo. Em jogos de contra ataque como era para ser esse. Mas se for para ser campeão, jogando mal, prefiro a ficar na fila 50 anos. O David precisa se explicar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo com a parte em que vc fala q Henrique não está bem. Alisson era bastante promissor, mas não o vejo nem jogando no Grêmio também. Não sei se ele seria uma solução para nós no momento. E quando vc fala q prefere ficar na fila 50 anos do q ser campeão jogando mal, discordo completamente!! E muito! Me desculpe, mas se for campeão só no 0x0 e pênaltis, é título do mesmo jeito. O troféu vai pra nossa galeria. Seleção Brasileira na década de 80 tinha um futebol considerado bonito, envolvente, e não conquistou um título mundial. Em 94, com um futebol mais pro gasto, foi campeão. Ainda prefiro 94. Um abraço.

      Excluir
  5. A torcida deu show, apoiou o tempo todo!Não merecíamos passar por aquele sufoco contra esse time HORRÍVEL do Santos(estão no Z4, perderam na Vila pro América, tomaram um sacode do fraco time do Atlético no domingo) e a gente quase os ressuscita!
    Fábio foi perfeito, mas temos que ver as cobranças santistas foram péssimas, duas a meia altura e canhoto chutar no canto esquerdo é recuar pro goleiro!
    Já nosso cobradores foram muito bem: LS16 chute forte, rasteiro, cruzado; Raniel no forte, no alto, indefensável; David foi frio e esperou o goleiro cair!
    Esperamos não ter que sofrer tanto assim contra o Flamengo!

    ResponderExcluir
  6. Alguém me explica porque o Raniel não é titular ?

    ResponderExcluir
  7. Romero tem que ser titular , porque henrique nao da mais ve ele de titular nao da conta de correr mais

    ResponderExcluir
  8. Lucas Romero tem que ser titular nesse time, seja como volante ou lateral. A defesa celeste está extremamente fragilizada sem a presença do argentino Romero.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.